200 bilhões por 180 minutos e uma grande decepção



A decepção dos torcedores da casa foi indescritível. Foto: Reuters

Tal destino também se abateu sobre a África do Sul em 2010 (quando o Catar conseguiu a organização). Mas o Catar ficou sem chance de avançar para as oitavas de final depois de apenas dois jogos.

Notícias relacionadas
Não bastasse o gol histórico do catariano, os senegaleses à primeira vitória

200 bilhões por 180 minutos
O Catar vinha se preparando para a Copa do Mundo desde que adquiriu a organização em 2010, período em que gastou cerca de US$ 200 bilhões no evento, mas o sonho de uma seleção chegou ao fim em apenas 180 minutos.”, escreveram eles em sua avaliação na agência Reuters.

A longa preparação deu errado?
A Seleção prometeu mais do que mostrou. Não menos importante, o Qatar é o atual campeão asiático. A decisão da associação local de futebol, que simplesmente não permitiu que a seleção nacional jogasse em clubes nesta temporada, mas dedicou um tempo valioso aos preparativos, provou-se claramente um erro. Mas uma é obviamente a preparação, e a outra é a estrutura da competição, que garante que os jogadores estejam em forma competitiva.

Notícias relacionadas
Pela primeira vez, o time da casa está sem disputas de eliminação após dois jogos

Dando desculpas antes do segundo jogo?
Equador está nas asas Enner Valencia já superou os donos da casa no primeiro tempo. Seletor Felix Sanches imediatamente apontou após a primeira derrota que muitas partidas preparatórias foram completamente diferentes das do último Campeonato Asiático. O Qatar fez um teste de compensação contra o Senegal, mas aparentemente nem todos acreditaram num resultado vitorioso, pois Sánchez já procurava álibis em caso de insucesso: “Somos um país pequeno, mesmo o menor, que já sediou a Copa do Mundo. Estamos cientes de que podemos ser rebaixados rapidamente, mas isso não significa que nosso projeto futebolístico estará encerrado. Acredito que vamos seguir o plano e construir uma equipe forte com a qual possamos nos classificar para as próximas competições”.

Os erros foram repetidos
O treinador fez três alterações no onze inicial, o que não evitou muitos erros individuais que deram vantagem aos representantes africanos. é no final da partida Mohamad Muntari marcou o primeiro gol nesta competição, que não trouxe nenhum ponto.

Quem precisa do que para avançar?
GRUPO A:
Equador: Não pode perder contra o Senegal.
Holanda: Garante a classificação com uma vitória ou um empate contra o Catar. Em caso de derrota por um gol, até mesmo um empate contra o Senegal é suficiente.
Senegal: Vitória contra o Equador. Em caso de empate, ele deve torcer para que a Holanda perca por dois ou mais gols. No caso de ambas as seleções terem uma diferença de gols de 3:3, um jogo limpo decidiria.

Notícias relacionadas
Equador mais perto da vitória do que a Holanda

Empate no segundo jogo
O segundo jogo do grupo entre Equador e Holanda terminou com divisão de pontos (1 a 1), ambos somam agora quatro pontos cada, o que significa que já estão fora do alcance dos donos da casa. Eles vão se despedir com a partida contra a Holanda e esperar pelo menos uma despedida honrosa na forma de alguns pontos.

Enner Valencia ainda jogará?
O Valência marcou os três gols do Equador, mas se machucou logo no final da partida. Por enquanto, não está claro se ele poderá jogar na última partida da fase de grupos.

Torcedores do Catar desapontados após segunda derrota

Estela Costa

"Leitor freelance. Introvertido premiado. Defensor do café. Especialista incondicional em bacon. Escritor amigável."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *