Shruikan recuperou a consciência naquela mesma sala, cercado por Ander, os restantes juízes e Dominic, que parecia tentar fundir-se com um dos vários cantos. Ander não tardou a explicar o sucedido a Shruikan, deixando claro que a ligação dele com Asmodeus não podia ser algo que pudessem ignorar. O risco de ele e de os restantes serem apanhados no que quer que seja que Asmodeus tinha planeado era demasiado grande. Nesse sentido, e uma vez que Shruikan não estava em condições de lidar com a pendente demanda, disse-lhe que ia ficar uma semana em recuperação, semana essa onde as partes que tinha perdido lhe iam ser restauradas, enquanto, ao mesmo tempo, reflectiria sobre se quereria manter a ligação que tinha com Asmodeus, ou prestar vassalagem a uma outra entidade. Shruikan aceitou.

A semana passou. Durante várias sessões curativas, Shruikan viu o seu olho direito e a sua mão esquerda a serem restaurados de forma lenta e ocasionalmente dolorosa. Procurando entrar em contacto com Asmodeus, tratou de o inquirir sobre o seu papel no seu destino, não obtendo uma resposta diferente do que tinha sido previamente declarado.

O dia final chegou e quando o Ander o inquiriu sobre a decisão que tomara, o palrar e a breve visita de um corvo deixou Shruikan na dúvida, vendo-se forçado a pedir mais um dia reflexão. Ander não levantou quaisquer objecções.

No dia seguinte, tudo se repetiu, mas desta vez Shruikan tinha uma resposta: iria manter-se como seguidor de Asmodeus. Tal implicaria não só uma escolta sempre presente e a vigiá-lo, como também iria carregar uma pulseira que iria tratar de monitorizar tudo o que ele viria a fazer, intervindo caso ele levasse a cabo algo que viesse a opor-se aos valores que lhe tinham sido sentenciados.

Shruikan e Dominic prepararam-se e abandonaram o Templo de Bahamut, deparando-se com a escolta em questão, onde dois dos membros eram familiares a ambos, Lia e Tholok. Trataram de partir, e assim que saíram das muralhas de Silverkeep, Shruikan não pôde novamente deixar de ouvir o palrar de um corvo.

Published
Categories Tales of Dosluvi
Views 112