Tirar alguma informação útil dos arquivos não ia ser fácil, não só pela quantidade de informação que tinha que ser filtrada como Hargul, o responsável, não se mostrou propriamente entusiasmado com a ideia de ter alguém que não ele e os seus homens a trabalhar naquele departamento.

Shruikan e Lia trataram de estudar tudo o melhor possível, com Hargul sempre por perto. Contudo, só no dia seguinte, e com a cabeça fresca, é que conseguiram encontrar uma série de nomes associados a Rayard Hawk, dois como parceiros que com o tempo lhe foram nomeados por várias suspeitas que tinham recaído sobre ele no último ano, altura em que passou a ficar mais tempo em Silverkeep. Os seus nomes eram Shari Spiks e Goufade Gouhand.

Shruikan ainda procurou descortinar mais sobre outros membros que tiveram mortes suspeitas e rapidamente descobriu dois que foram encontrados mortos em Vefon em circunstâncias estranhas.

Apresentando as descobertas a Ander, apuraram que tanto Shari e Goufade continuavam destacados em Silverkeep e que continuavam com as suas patrulhas. Assim que as mesmas terminassem, iriam então ser chamados para reunir com Ander sobre a presente situação.

Shari chegou às imediações e depois de alguma ponderação, e com algum receio de Lia, foi alertada do pedido de Ander. Perante a demora de Goufade, e depois de descobrirem a direcção da patrulha, Shruikan, Isovae e Dominic trataram de a seguir, parando na herbanária que tinham previamente visitado.

Destrancando a porta e aventurando-se no interior, atravessaram a parede ilusória e no fundo do corredor deparam-se com uma porta que sabiam terem deixado aberta. Para além disto, estava também encantada.

Quando se preparavam para a abrir, ouviram ruídos vindos da entrada principal da loja. Encostando-se às paredes, e com Shruikan a ocultá-los com uma ilusão para parecerem uma extensão delas, viram vários membros da Ordem de Bahamut, um dos quais com as características de Goufade, a aproximarem-se, cautelosos e atentos.

Goufade chegou-se à beira da porta, e batendo nela replicou um código. Uma resposta fez-se ouvir pouco depois. Goufade ordenou aos seus homens para ficarem de vigia e retirou-se.

Shruikan sabia que o mais súbito movimento os iria denunciar.

Published
Categories Tales of Dosluvi
Views 182