É verdade que muito assolava a mente de Shruikan Galanodel, mas, apesar de tudo, continuavam a ser pormenores que poderiam ser ponderados enquanto se fazia correr um extenso banho de sangue.

Avançando na direcção do local de repouso de um gigante com o qual o grupo se cruzou anteriormente, e tendo o cuidado de avisar Dominic para intervir somente se ele o disser, Shruikan tratou de confrontar a criatura a solo. E uma vez mais, a Mão de Vecna mostrou ser detentora de um poder que não pode ser subestimado. Primeiro, reduziu o movimento do gigante para metade, seguindo-se, após o uso de alguns feitiços à base de fogo, novamente o devastador Finger of Death. Foi só uma questão de tempo até a criatura cair. Ferido e cansado depois deste confronto de um para um, Shruikan e Dominc descansaram, acordando somente a meio da tarde do mesmo dia.

Levantando-se, começaram a procurar o owlbear com que se cruzaram no dia anterior. Conseguiram reconhecer os rastos e, seguindo-os, acabaram por encontrar o animal, que por sua vez olhava atentamente para um orc que aparentava vasculhar aquela floresta pantanosa à procura de algo. Trataram de a emboscar e desta vez não tiverem dificuldades em emergir vitoriosos.

Curioso pela presença de um orc naquele lugar, Shruikan tratou de o procurar, algo que demorou largos minutos, culminando na descoberta de um grupo de três orcs homens, duas mulheres e uma criança. Estes pareciam alheios à presença de Shruikan e de Dominic e pareciam debater algo um tanto ou quanto importante em orc. Acabada a discussão, avançaram, com Shruikan e Dominic no seu encalce. Contudo, não aparentavam ir a lado algum e Shruikan fartou-se. Expondo-se, questionou-os sobre a sua presença e o seu destino. Rapidamente as mulheres fugiram e os homens trataram de assegurar a sua fuga, revelando que Shruikan tinha sido o responsável pela destruição da sua aldeia. Virando-lhes costas na maior das indiferenças, Shruikan foi presenteando com uma lança que lhe passou rasante pelo ombro. Um confronto teve então lugar, e curta a sua duração. Incinerando um deles, os outros começaram a fugir, e Shruikan correu atrás deles, e depois de os fulminar com um Witch Bolt, continuou atrás das mulheres. Seguiu-se uma frenética perseguição, uma que prontamente acabou com a morte das três fugitivas, a criança incluída.

Reunindo-se com Dominic, que entretanto corria atrás dele, descansaram, e por fim, tomando um garfo que Dominic “recuperou” da sua última ida à sede da guilda de ladrões de Pavv, os dois teletransportaram-se, mas, em vez de se depararem com os corredores apertados da guilda, viram-se dentro de uma casa em tudo normal.

Mas onde estavam afinal?

Published
Categories Tales of Dosluvi
Views 115