Shruikan e Isovae regressaram ao templo da Rainha dos Corvos, e lá reflectiram com a ajuda de Calarel sobre o que acontecera e qual o passo a seguir. Ela sentiu-se a ser chamada de súbito, e abandonou o templo em direcção ao cemitério. Os dois seguiram-na, apenas para ver uma pessoa a emergir de uma campa desmarcada.

O seu nome era Nymer, e pelas palavras de Calarel, ele tinha vindo de um outro mundo, uma outra realidade, que serviu de provação para o derradeiro desafio que existia para ele em Dosluvi.

Ele procurou respostas, mas todas foram demasiado vagas. Tomou o equipamento que lhe foi cedido, e saiu com Shruikan e Isovae para um destino por ele escolhido, a floresta mais próxima.

Shruikan descreveu-lhe os eventos que o têm vindo a perseguir, e rapidamente ficou claro que sair pela porta da frente não seria propriamente fácil. Ainda assim, avançaram até à entrada principal, onde os enormes portões se erguiam. Após algumas tentativas, saltaram pelas muralhas, sendo Shruikan a excepção, optando por se fazer reaparecer fora das mesmas.

Reuniram-se e retomaram a sua viagem, deixando Silverkeep para trás.

Published
Categories Tales of Dosluvi
Views 47