A equipe chinesa campeã mundial pela décima vez consecutiva



Ma Long derrotou o campeão europeu Qui Dang. Foto: EPA

Como esperado, Zhendong Fan conquistou o primeiro ponto para os chineses, batendo Benedikt Duda por 3 a 0 (8, 8, 9). A segunda partida foi um pouco mais disputada, mas o experiente Ma Long derrotou o campeão europeu Qui Dang por 3 a 1 (9, 6, -9, 1).

Há um mês e meio, Dang derrotou Darko Jorgić na final do EP em Munique, que foi eliminado nos oitavos-de-final contra Portugal com a Eslovénia em Chengdu. O terceiro ponto decisivo foi ganho por Čučin Vang, que venceu Kay Stumper por 3:0 (7, 8, 4).

A fileira selecionada da China conquistou o ouro pela 22ª vez, com cinco medalhas de prata e três de bronze. Mesmo na competição feminina, a seleção chinesa, que derrotou o Japão por 3 a 0 na final de sábado, pode se gabar do mesmo resultado nas Copas do Mundo anteriores.

Os alemães conquistaram seu primeiro título no WC e, no final, conquistaram a prata pela sexta vez, a segunda vez consecutiva após o campeonato em Halmstadt, na Suécia, há quatro anos. Eles também têm duas medalhas de bronze. Era amplamente conhecido que os experientes Timo Boll e Dmitry Ovtcharov estavam desaparecidos.

No WC deste ano, as seleções da Coreia do Sul e do Japão conquistaram o bronze. O primeiro perdeu nas semifinais contra a Alemanha por 2:3, e o segundo contra a China também por 2:3.

Egídio Pascoal

"Estudante. Especialista em web. Guru da música. Especialista em bacon. Criador. Organizador. Típico viciado em viagens. Estudioso de café. Explorador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *