A UE adotou um imposto global mínimo de 15% para grandes empresas.

O plano recém-aprovado foi preparado sob gestão Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) Já teve o apoio de Washington e de várias grandes economias da UE. No entanto, um imposto mínimo deve ser implementado Um bloco comercial de 27 países Surgiram atrasos porque os Estados membros se opuseram ou adotaram estratégias de bloqueio.

A reforma das regras internacionais de tributação das empresas assenta em dois pilares:

  • 1º pilar Inclui um novo sistema de alocação dos direitos tributários de grandes corporações multinacionais para jurisdições onde os lucros são obtidos. Um elemento chave deste pilar será a convenção multilateral. O trabalho técnico sobre os detalhes da estrutura inclusiva está em andamento
  • 2º pilar O objetivo das regras é garantir que grandes grupos corporativos multinacionais paguem o imposto corporativo mais baixo, reduzindo o potencial de erosão da base e transferência de lucros. Este pilar está agora consagrado em uma diretiva da UE que foi adotada por unanimidade por todos os estados membros que votaram a favor.

Significado:

Execução efetiva do comando Limitar a corrida ao fundo das taxas de imposto corporativo. São tributados os lucros de grandes grupos ou empresas multinacionais e nacionais com um volume de negócios anual de pelo menos 750 milhões de euros. Taxa mínima de 15%. As novas regras reduzirão o risco de erosão da base e transferência de lucros e garantirão que grandes grupos multinacionais paguem a alíquota mínima de imposto corporativo global acordada.

Sobre a União Europeia:

o União Europeia (UE) União política e económica 27 estados membros Eles estão localizados principalmente na Europa, fundada em 1993. A maioria dos estados membros (19 deles) usa o euro como moeda oficial, enquanto 8 não.

  • Bulgária, Croácia, República Tcheca, Dinamarca, Hungria, Polônia, Romênia e Suécia Euro-zona.

Renata Saldanha

"Viciado em álcool incondicional. Solucionador de problemas ao longo da vida. Especialista em bacon. Defensor de viagens. Praticante de TV orgulhoso. Explorador freelance. Leitor amador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *