Caos no grupo da morte! Os portugueses e os alemães já estavam à beira do rebaixamento…

Os alemães, no entanto, escaparam do rebaixamento após duas derrotas, um empate entre os campeões mundiais e europeus.

Os futebolistas portugueses e franceses empataram a 2:2 (1:1) no jogo de hoje da 3ª jornada do Campeonato da Europa, em Budapeste. A França conquistou o primeiro lugar do Grupo F e vai defrontar a Suíça nos oitavos-de-final, enquanto Portugal, depois de terminar em terceiro, defronta a Bélgica.

O confronto entre os últimos campeões mundiais da França e os campeões europeus de Portugal terminou sem vencedor na capital húngara.

Na primeira metade da Puskas Arena, houve uma batalha posicional por cada pedacinho do campo. Nem um nem outro correram muitos riscos, eles esperaram pacientemente por oportunidades e vislumbres de seus jogadores de futebol extremamente potentes.

A primeira “mágica” da partida foi realizada pelos campeões mundiais da França, após um passe profundo lúcido Paul Pogba ele se viu em uma oportunidade promissora aos 16 minutos Kylian Mbappé, o seu remate à entrada da grande área foi seguramente defendido pelo guarda-redes português Rui Patrício.

Portugal : Alemanha |  Autor: Epa


Épico

Aos 27 minutos, o árbitro espanhol Antonio Lahoz após uma falta do goleiro francês Hugo Lloris, que perdeu a bola e “nocauteou” Danilo, apontou para a penalidade de 11 metros, e ele foi um executante preciso Cristiano Ronaldo.

Os portugueses tinham controle total sobre os franceses, mas empataram nos últimos segundos depois que Lahoz foi derrubado Nelson Semedo sobre Mbappé apontou para um pênalti muito suspeito de 11 metros, que ele converteu Karim Benzema.

O Gaelic Roosters abriu o segundo tempo como um sonho. Aos 47 minutos, Pogba encontrou Benzema com um brilhante passe profundo, que marcou o segundo gol da partida com um chute certeiro e após a “bênção do sistema VAR”. Neste momento, de acordo com o decorrer do segundo jogo do grupo, os portugueses chegaram mesmo a ser ameaçados de despromoção. Eles ameaçaram apenas dois minutos depois, após um passe longo Rafael Guerreiro no entanto, o cabeceamento de Ronaldo foi um pouco impreciso.

Aos 59 minutos, o português empatou o placar com um handebol Jules Kounde Lahoz marcou o terceiro pênalti de 11 metros da partida, que foi novamente executado com precisão por Ronaldo, que marcou seu 14º gol nas fases finais do velho continente e seu quinto no torneio deste ano. Antes disso, ele marcou duas vezes no primeiro jogo contra a Hungria e uma vez contra a Alemanha.

Portugal : Alemanha |  Autor: Epa


Épico

Ao mesmo tempo, Ronaldo pegou o iraniano na lista dos melhores artilheiros Ali Daei, ambos marcaram 109 gols nas partidas da seleção nacional até agora e, ao mesmo tempo, ele se tornou o artilheiro do campeonato mundial e europeu. O português de trinta e seis anos marcou 21 golos em ambas as competições até ao momento, com o aposentado alemão em segundo lugar Miroslav Klose com 19 acertos.

Aos 67 minutos, os franceses voltaram a ameaçar, mas Patricio evitou outro gol. O guarda-redes português mostrou-se pela primeira vez com uma defesa bravura após um remate de Pogba de 25 metros, e depois parou um desvio e um remate Antonie Griezmann.

No final da partida, as duas seleções jogaram com cuidado, Griezmann chegou mais perto de marcar aos 86 minutos, e seu chute de 20 metros acabou por cima do gol.

* Arena Puskas, 55.000 espectadores, árbitros: Lahoz, Devis, del Palomar (toda a Espanha).
* Artilheiros: 1:0 Ronaldo (30/11), 1:1 Benzema (45/11), 1:2 Benzema (47), 2:2 Ronaldo (60/11) .
* Portugal: Patricio, Semedo (de 79. Dalot), Dias, Pepe, Guerreiro, Moutinho (de 73. Neves), Danilo (de 46. Palhinha), Sanches (de 87. Oliveira), Silva (de 73. Fernandes) , Ronaldo, Jota.
* França: Lloris, Kounde, Varane, Kimpembe, Hernandez (de 46. Digne, de 52. Rabiot), Tolisso (de 66. Coman), Kante, Pogba, Griezmann (de 87. Sissoko), Benzema, Mbappe.
* Cartões amarelos: Lloris, Hernandez, Griezmann, Kimpembe.
* Cartão vermelho: /.

Os alemães, no entanto, empataram com os húngaros e ficaram em segundo lugar

As seleções de futebol da Alemanha e da Hungria empataram em 2:2 (0:1) na 3ª, última rodada das eliminatórias do Grupo F do Campeonato Europeu, em Munique.

Depois de um ponto surpreendente contra os campeões mundiais, os franceses, os húngaros ganharam asas e, acima de tudo, ainda tiveram a chance de avançar. Mas para continuar o Euro 2020, eles teriam que vencer, enquanto os alemães estavam em uma posição um pouco mais fácil após o sucesso na rodada anterior contra o atual campeão Portugal, pois um empate teria sido suficiente para eles. No final, os alemães ficaram mais felizes, mas honestamente trabalharam duro para continuar o EP.

Os húngaros montaram uma formação muito defensiva, que pelo menos na primeira parte não vacilou. Seletor Marco Rossi mas também não mudou a formação que fez tanto sucesso contra a França.

A Alemanha tinha superioridade de terreno, mas era bastante fútil. Joshua Kimmich e Antonio Rudiger eles só aqueceram o goleiro nos minutos iniciais Petar Gulasci, seguido de um choque para o time da casa.

Alemanha : Polônia |  Autor: Epa


Épico

Desta vez, os húngaros não puderam contar com o apoio fanático das arquibancadas da Puskas Arena, mas ainda assim encantaram várias centenas de seus torcedores na instalação de futebol central da Baviera. Aos 11 minutos, eles realizaram uma ação rápida Roland Sallai, que passou com muita precisão e foi habilidoso o suficiente entre dois defensores Adam Szalai, quem derrotou Manuel Neuer.

Na continuação do primeiro tempo, a Alemanha tentou chegar pelo menos ao empate, pois a posição em que se encontrava significaria até adeus à Euro 2020. O mais próximo desse gol no primeiro tempo foi o azarado auto-artilheiro na primeira partida Mats Hummels, que aos 21 minutos conseguiu cabecear de escanteio alemão, mas só acertou o travessão.

Houve pouco futebol de verdade nos últimos 15 minutos do primeiro tempo; uma verdadeira chuva tropical tornou o jogo completamente impossível, mas nessas condições climáticas os visitantes se saíram um pouco melhor.

No início da segunda parte, houve uma melhora no clima e, acima de tudo, um ataque total da Alemanha. Pressão e algumas chances no lance – entretanto, Sallai acertou a parte de fora do poste com uma cobrança de falta para os húngaros – no entanto, eles também transformaram em gol. Ele deu alívio Kai Havertz aos 66 minutos, aproveitando uma má intervenção do goleiro Gulacsi, Hummels levantou a bola e a empurrou para a rede.

Alemanha : Polônia |  Autor: Epa


Épico

Mas os alemães ficaram para trás novamente no próximo ataque. Adam Szalai superou a defesa desorganizada do time da casa com um passe preciso e Andras Schäfer com um salto corajoso na frente de Neuer e uma cabeçada por 2:1.

Dado o resultado da segunda mão, neste momento os alemães estavam novamente no último lugar do grupo, pelo que tiveram de apostar no tudo ou nada nos últimos 20 minutos. Seletor Joachim Low está no jogo de negócios também Thomas Muller, homem jovem Jamala Musiala e Leona Goretzka.

Foi Goretzka quem deu o empate; depois de quicar a bola na área, ela veio até ele e com um chute forte ele fez 2: 2 aos 84 minutos.

Os húngaros encontravam-se assim no último lugar do grupo, e já não tinham forças para marcar mais um golo, tendo assim que aceitar ser expulsos da competição. Nas oitavas de final, os alemães enfrentarão sua grande rival, a Inglaterra, em Wembley.

* Football Arena Munich, 14.500 espectadores, árbitros: Karasev, Demeško, Gavrilin (toda a Rússia).
* Artilheiros: 0:1 Anúncio. Szalai, 1:1 Havertz (66º), 1:2 Schäfer (68º), 2:2 Goretzka (84º).
* Alemanha: Neuer, Ginter (de 82. Volland), Hummels, Rüdiger, Kimmich, Ilkay Gündogan (de 58. Goretzka), Kroos, Gosens (de 82. Musial), Havertz (de 67. Werner), Gnabry (de 68 . Müller), Sane.
* Hungria: Gulacsi, At. Szalai, Orban, Botka, Fiola (de 88. Nikolić), Schäfer, Nagy, Kleinheisler (de 88. Lovrencsics), Nego, Sallai (de 75. Schön), Ad. Szalai (de 82. Varga).
* Cartões amarelos: Gündogan, Sane; Botka, Fiola, Ad. Szalai.
* Cartão vermelho: /

* Osmina finala
- sobota, 26. junij 2021:
18.00 Amsterdam: Wales - Danska (1)
21.00 London: Italija - Avstrija (2)
- nedelja, 27. junij 2021:
18.00 Budimpešta: Nizozemska - Češka (3)
21.00 Sevilla: Belgija - Portugalska (4)
- ponedeljek, 28. junij 2021:
18.00 Koebenhavn: Hrvaška - Španija (5)
21.00 Bukarešta: Francija - Švica (6)
- torek, 29. junij 2021:
18.00 London: Anglija - Nemčija (7)
21.00 Glasgow: Švedska - Ukrajina (8)

* Četrtfinale:
- petek, 2. julij 2021:
18.00 St. Peterburg: O5 - O6
21.00 München: O2 - O4
- sobota, 3. julij 2021:
18.00 Baku: O3 - O1
21.00 Rim: O7 - O8

* Polfinale:
- torek, 6. julij 2021:
21.00 London: O5/O6 - O2/O4
- sreda, 7. julij 2021:
21.00 London: O3/O1 - O7/O8

* Finale:
- nedelja, 11. julij 2021:
21.00 London

Egídio Pascoal

"Estudante. Especialista em web. Guru da música. Especialista em bacon. Criador. Organizador. Típico viciado em viagens. Estudioso de café. Explorador."

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *