Com a ajuda do esloveno Mura, Čeferin calou a boca dos adversários da melhor forma possível

Čeferin continua firmemente contra a Super Liga, na qual não haveria espaço para milagres como o realizado por Mura no ano passado.

Presidente da Associação Europeia de Futebol (UEFA) Alexandre Ceferin numa conversa organizada pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF), reiterou a sua posição de que o futebol europeu deve permanecer aberto a todos os clubes e mantém-se firmemente contra o possível lançamento da chamada Superliga.

Embora nove dos 12 clubes fundadores tenham abandonado sua participação na Superliga no ano passado, Real Madrid, Barcelona e Juventus ainda estão firmemente comprometidos com este projeto e esperam seu renascimento. O presidente da Super Liga e o primeiro homem do Real Madrid Florentino Pérez há algum tempo, voltou a apelar a todos os clubes de elite para se separarem da UEFA.




Profimedia

“A essência do futebol europeu, que é de longe o mais forte do mundo, é que está aberto a todos os clubes, não apenas à elite”. disse o primeiro homem da UEFA da Eslovénia, entre outras coisas, numa entrevista à FPF.

“Na temporada passada, vimos as vitórias do xerife moldavo em Madri e do esloveno Mura, que derrotou o Tottenham com seu orçamento de dois milhões de dólares. Essa é a essência do futebol, esses eventos fazem parte de nossa cultura e história, e espero que Isso nunca vai mudar. Muitas pessoas não sabem que a UEFA reembolsa aos clubes 93,5 por cento do seu rendimento do futebol de clubes, e no total até 97 por cento do dinheiro total.” Čeferin também explicou na conversa, entre outras coisas.

Egídio Pascoal

"Estudante. Especialista em web. Guru da música. Especialista em bacon. Criador. Organizador. Típico viciado em viagens. Estudioso de café. Explorador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.