Com a primeira vitória da temporada, Quartararo também liderou a classificação geral



Fabio Quartararo deu o primeiro degrau pela primeira vez na quinta corrida da temporada. Foto: EPA

O outro era seu conterrâneo Johann Zarco (Dúzias), e o terceiro é um espanhol Aleix Espargaró (Abril).

Até esta corrida, o italiano era o líder no total da temporada Enea Bastianini (Ducati Gresini) não terminou a corrida depois de cair.

O francês, que teve muitos problemas na parte anterior da temporada e lutou e estava longe da forma da primeira parte da temporada passada, agora finalmente provou que seus rivais não devem descartá-lo ainda. Em uma pista que combina muito bem com ele e a equipe, ele foi o mais convincente desta vez e, ao liderar a maior parte da corrida, também evitou os eventos coloridos atrás dele, quando alguns de seus concorrentes ficaram sem pontos.

O francês já sabia depois da terceira curva que venceria

O atual campeão ficou rapidamente em primeiro lugar, embora o segundo francês Zarco tenha tido a melhor posição inicial após a qualificação de sábado. Mas ele tinha mais trabalho a fazer, especialmente com Joan Miro, que foi o mais próximo na primeira parte da corrida. Zarco chegou ao segundo lugar a meio do caminho, mas a diferença para o seu compatriota já era tal que sem o erro de Quartararo não podia contar com nada mais do que o segundo lugar.

Erros foram cometidos por outros. Em primeiro lugar, Bastianini, que acabou na areia e assim cedeu a liderança no WC, e uma vantagem ainda maior a sete voltas do final Jack Miller. O australiano com uma Ducati tentou atacar Miro, que era o terceiro na altura, mas já era tarde para travar, caiu e levou o espanhol consigo para a areia.

Isto significou que os franceses nos dois primeiros lugares conseguiram conduzir com calma até ao final, enquanto Espargaró da Aprilia chegou ao terceiro escalão. No final, ele também estava bastante solitário em terceiro lugar, seu compatriota permaneceu abaixo do pódio Alex Rins (Suzuki), o quinto nativo Miguel Oliveira (KTM), mas o confronto fraterno pelo sexto lugar foi interessante. No final, só os mais experientes foram parar lá Marc Marquez com a Honda de fábrica, embora Alex Marquez (Honda LCR) também tenha parado em algumas curvas, mas acabou em sétimo.

Estou muito feliz com este resultado, uma dupla vitória para a França. O Fabio foi muito rápido hoje, a princípio pensei que ainda poderia pegá-lo, mas depois me concentrei mais em ficar em segundo lugar. Eu me senti muito bem e fui rápido também,“, disse Zarco após a corrida, que largou da sétima “pole position” de sua carreira e a primeira da temporada, mas permaneceu sem sua primeira vitória na competição de elite até hoje.

O campeão da temporada passada também ficou muito satisfeito. “Eu me senti muito bem aqui durante todo o fim de semana. A pista nos atende muito bem. Mas eu fui ao limite, comecei violentamente logo após o início. Estou muito feliz, finalmente consegui minha primeira vitória da temporada, mas é claro que também é importante nunca desistir,” disse o primeiro piloto da Yamaha. Os franceses repetiram a dupla vitória de Doha do ano passado com um duplo sucesso.

No SP, após o resultado de hoje, após cinco corridas, os vencedores são Quartararo e Rins, ambos com 69 pontos, Aleix Espargaró também está muito próximo com 66, Bastianini agora é quarto, que se manteve em 61.

A próxima corrida do WC será na próxima semana em Jerez, Espanha.

VN PORTUGALSKE, Portimao               
                                       
MotoGP, končni vrstni red:             
 1. F. QUARTARARO FRA/yamaha  41:39,611
 2. J. ZARCO      FRA/ducati     +5,409
 3. A. ESPARGARO  ŠPA/aprilia     6,068
 4. A. RINS       ŠPA/suzuki      9,633
 5. M. OLIVEIRA   POR/KTM        13,573
 6. M. MARQUEZ    ŠPA/honda      16,163
                                       
Moto 2, končni vrstni red:             
 1. J. ROBERTS    ZDA/kalex   26:07,442
 2. C. VIETTI     ITA/kalex      +2,818
 3. J. NAVARRO    ŠPA/kalex       2,991
                                       
Moto 3, končni vrstni red:             
 1. S. GARCIA     ŠPA/gasgas  38:17,725
 2. J. MASIA      ŠPA/KTM        +0,069
 3. A. SASAKI     JAP/husqvarna   0,110
MotoGP (po 5 dirkah):                  
 1. F. QUARTARARO FRA/yamaha         69
 2. A. RINS       ŠPA/suzuki         69
 3. A. ESPARGARO  ŠPA/aprilia        66
 4. E. BASTIANINI ITA/ducati         61
 5. J. ZARCO      FRA/ducati         51
 6. J. MIR        ŠPA/suzuki         46
                                       
Moto 2 (po 5 dirkah):                  
 1. C. VIETTI     ITA/kalex          90
 2. A. OGURA      JAP/kalex          56
 3. T. ARBOLINO   ITA/kalex          54
                                       
Moto 3 (po 5 dirkah):                  
 1. S. GARCIA     ŠPA/gasgas         83
 2. D. FOGGIA     ITA/honda          82
 3. J. MASIA      ŠPA/KTM            54

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.