Eslovénia com duas vitórias no WC de equipas mistas

No sábado, 23 de outubro de 2022, o Campeonato Mundial de Equipes Mistas, realizado este ano em Aberdeen, na Escócia, terminou com as partidas finais. 35 equipes jogaram no campeonato, incluindo a Eslovênia. A medalha de ouro foi conquistada pelo Canadá, a prata pela Escócia e o bronze pela Suíça.

A Eslovênia foi representada em Aberdeen por Štefan Sever, Nina Kremžar, Marko Harb e Patricija Černe do Curling Club Ljubljana e Curling Club Jesenice. Na fase de grupos, eles competiram contra Portugal, Nova Zelândia, Coréia, Índia, que está participando pela primeira vez de competições de curling este ano, Hong Kong, Finlândia, Dinamarca e Canadá. Eles registraram duas vitórias convincentes, contra Hong Kong com uma pontuação de 11 a 5 e contra a Nova Zelândia com uma pontuação de 12 a 1. Eles ficaram em 30º no geral.

Embora a disciplina de equipes mistas não faça parte das disciplinas olímpicas de curling, alguns dos melhores jogadores do mundo também jogam neste campeonato. Este ano, por exemplo, a Noruega também foi representada por Christoffer Svae, ex-vice-campeão olímpico de curling. Além dos medalhistas, Alemanha, Noruega, Suécia, Japão e Finlândia se classificaram para os playoffs deste ano. Todos esses países estão no topo do curling mundial há muitos anos e participam regularmente dos Jogos Olímpicos. Com exceção da Alemanha, todos já possuem medalhas olímpicas.

Campeonato da Europa em breve

O Mundial de seleções mistas foi o primeiro campeonato desta temporada, no qual a Eslovênia também participa. Em menos de um mês, as seleções nacionais masculinas e femininas, que estão classificadas na segunda categoria mais forte do curling europeu, estão a caminho do Campeonato da Europa. A Eurocopa será disputada em Östersund, na Suécia, e os objetivos das seleções são permanecer no segundo grupo de qualidade e melhorar os resultados do ano passado.

A Eslovénia é um dos poucos

A Eslovénia é um dos países mais jovens do curling, pois o curling só é conhecido desde 2010 e, ao mesmo tempo, somos quase o único país do Grupo B que não tem uma sala dedicada ao curling. Curling na Eslovênia ainda é jogado em superfícies de gelo de hóquei, que são completamente inadequadas para curling competitivo. Os membros da seleção nacional fazem a maior parte de sua formação no exterior, razão pela qual suas conquistas internacionais são ainda maiores. Para comparação – a Suíça tem mais de 50 salões dedicados apenas para curling.

Renata Saldanha

"Viciado em álcool incondicional. Solucionador de problemas ao longo da vida. Especialista em bacon. Defensor de viagens. Praticante de TV orgulhoso. Explorador freelance. Leitor amador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *