Gajser busca a quarta vitória consecutiva em Portugal



Equipe Gajser. Foto: AMZS

O jovem de 25 anos de Pečka pri Makolah é o líder indiscutível na classificação geral do campeonato do mundo, e depois de um trio de vitórias nas três primeiras corridas, vai agora perseguir vitórias no poker em Águeda.

Ganhei todos os GPs até agora, não fui pior do que outros em corridas individuais, o que significa que sou rápido e consistente.

Equipe Gajser

O tricampeão mundial na classe de elite do MXGP marcou 47 pontos em todas as três corridas na abertura da temporada para um total de 141, colocando-o 17 pontos à frente de seus perseguidores antes do reinício do campeonato.

Entre eles, o recém-chegado desta classe, o francês, destaca-se em segundo lugar Maxime Renaux (Yamaha). O espanhol está a mais seis pontos do terceiro lugar Jorge Prado (Gás Gás).

Aproveitou a ausência dos maiores rivais
O craque esloveno aproveitou a ausência na última temporada dos melhores pilotos, o campeão mundial por Jeffrey Herlings (KTM) e vice-campeão Romain Febvre (Kawasaki). O holandês e o francês perderam as três primeiras corridas devido a lesões, mas estão entre os inscritos para o teste português, mas o portal italiano motocross.it informa que pelo menos Herlings definitivamente não estará no início do quarto teste do estação.


Gajser se sente muito bem nesta temporada.  Foto: www.alesfevzer.com
Gajser se sente muito bem nesta temporada. Foto: www.alesfevzer.com

Herlings e Febvre retornam
Tanto para Herlings como para Febvre, não há informações oficiais das suas equipas até ao momento, mas é difícil esperar que depois de uma longa ausência, estejam prontos para lutar pela vitória se aparecerem para a corrida em Águeda. A caravana está a mudar-se para esta cidade portuguesa 50 km a sul do Porto depois de três anos, e da última vez foi Gajser quem celebrou lá. Em 2019, ele foi o primeiro em ambas as corridas, então algo que ele ainda está esperando este ano. Ele foi o primeiro e segundo na Matterley Basin, na Grã-Bretanha, segundo e primeiro em Mântua, e segundo e primeiro na Patagônia, Argentina.

Agueda é outra faixa que eu gosto. Já ganhei aqui, por isso espero continuar a boa sequência desde o início da temporada. Vou tentar ganhar as duas corridas, o que não consegui este ano. Todos na equipe trabalham duro e é bom que esse esforço tenha valido a pena até agora.

Equipe Gajser

Gajser: Eu me sinto muito bem nesta temporada
“Sinto-me muito bem esta temporada, estou a divertir-me nas corridas e isso mostra-se nos resultados”, Gajser disse para a equipe Honda no site. “Ganhei todos os GPs até agora, não fui pior do que outros em corridas individuais, o que significa que sou rápido e consistente”. acrescentou o vencedor de um total de 31 corridas na classe MXGP. A pista de Águeda combina com o campeão mundial em 2016, 2017 e 2020. É uma superfície de terra batida bastante compactada, na qual há três anos Gajser venceu o italiano, que se aposentou este ano Antonio Cairoli e os suíços Arnaud Tonus.

Ele quer ganhar as duas corridas
“Agueda é outra pista de que gosto. Já ganhei aqui, por isso espero continuar a boa corrida desde o início da temporada. Vou tentar ganhar as duas corridas, o que não consegui fazer este ano. Todos na equipe estão trabalhando duro e é bom que esse esforço tenha valido a pena até agora”, Gajser anunciou no final.
Depois de algumas semanas, ele também se juntará a ele na corrida na classe MX2 Jan Pancar (KTM). Com sua própria equipe, ele perdeu a corrida transoceânica na Argentina por causa dos custos excessivos, mas agora está de volta a Portugal, onde vai perseguir o melhor ranking do ano. Ele tem 19 pontos até agora na temporada de 2022, o que o coloca em 18º no geral, depois de 18º na Grã-Bretanha e 15º na Itália.

O belga lidera a classificação da classe MX2 Jago Geerts (Yamaha) com 137 pontos. Ele é seguido por dois franceses Tom Vialle (KTM) com 111 e um alemão Simon Langenfelder (GasGas) com 110 pontos.

Primeiro passeio no domingo às 15h15, segundo às 18h10
O calendário de corridas começará no sábado com treinos livres antes da qualificação às 18h10, e a corrida acontecerá no domingo. A primeira corrida da classe MXGP será às 15h15, a segunda às 18h10. Na classe MX2, haverá testes uma hora antes das corridas da classe Royal.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.