Gigantes sul-americanos em um e superpotências europeias na outra metade da tabela


sofascore.com
” alt=”Gráfico fornecido sofascore.com“>
Gráficos fornecidos sofascore.com

Ainda faltam cinco seleções nacionais em jogo, que já chegaram ao topo do mundo. A Itália nem estava no Catar, e Alemanha e Uruguai foram eliminados após a fase de grupos. Na mesma metade da tabela estão Argentina e Brasil, que pertencem ao círculo mais restrito de favoritos para a comemoração da final.

Grandes rivais sul-americanos que se enfrentaram no ano passado na final do Cope América, onde comemorou albiceleste, assim, no caso de vitórias nos dois primeiros obstáculos das lutas eliminatórias, podem se enfrentar nas semifinais. Primeiro, a Austrália e a Coreia do Sul os aguardam. Além deles, há mais dois vencedores de grupos nesta parte da tabela, Holanda e Japão, que enfrentarão a Croácia. Os holandeses abrem os playoffs no sábado, quando enfrentam os Estados Unidos, às 16h.

Na segunda metade do grupo estão três seleções europeias que já venceram a Copa do Mundo. A actual vice-campeã europeia, a Inglaterra, defronta primeiro o Senegal, e em caso de vitória, a melhor do encontro entre os actuais campeões, franceses e polacos. A Espanha, campeã mundial em 2010, lutará por uma vaga nas oitavas de final com o Marrocos, que comemorou no Grupo F. Se vencer, la roja em uma partida de bairro contra Portugal. Claro, se eles forem melhores que a Suíça nas oitavas de final.

No mesmo dia, jogam-se duas duplas, cujos vencedores se enfrentarão nas quartas de final. Você poderá assistir todas as partidas ao vivo na TV SLO 2 e MMC.

Egídio Pascoal

"Estudante. Especialista em web. Guru da música. Especialista em bacon. Criador. Organizador. Típico viciado em viagens. Estudioso de café. Explorador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *