Giroud igualou o recorde de Henry e aumentou muito o apetite dos franceses



Muitos indivíduos fora de série brilharam pela França nas Copas do Mundo. Michel Platini, Jean-Pierre Papin, Zinedine Zidane, David Trezeguet e Thierry Henry deixaram uma marca indelével. Henry foi ultrapassado por Olivier Giroud no topo da lista de artilheiros do time selecionado e pode até ultrapassá-lo no sábado, contra a Dinamarca. Henry precisou de 123 jogos para 51 gols, e o atacante do Milan oito a menos. Foto: Reuters

Depois de perder por 0 a 1, a França teve um desempenho excelente e foi a primeira vez desde 2006 que os atuais campeões começaram a Copa do Mundo com uma vitória. Os três últimos campeões (Itália, Espanha e Alemanha) foram eliminados após as eliminatórias. O Brasil é o último país selecionado para defender o título da Copa do Mundo (1958 e 1962). O caminho para repetir essa conquista será espinhoso, mas o primeiro passo já foi dado.

Lucas Hernandez é o próximo na lista de feridos
O técnico Didier Deschamps tem à sua disposição um amplo quadro de jogadores de futebol de ponta. Cinco grandes nomes tiveram que cancelar sua apresentação antes do início do WC, mas isso não era conhecido. Um novo susto ocorreu já aos 9 minutos do jogo de abertura. Lucas Hernandez tentou parar Matthew Leckiee na direita no contra-ataque da Austrália, mas deu um passo desajeitado e imediatamente agarrou seu joelho direito. O golo sofrido não foi de todo o maior problema, porque ainda faltava muito para o final. Hernandez saiu mancando do gramado. O jogador do Bayern tem um ligamento cruzado rompido, então ele já terminou a temporada.


Lucas Hernandez esteve no gramado por apenas nove minutos.  Ele já terminou a temporada devido a um ligamento cruzado rompido.  Isso também é uma má notícia para o Bayern, que enfrentará o PSG nas oitavas de final da Liga dos Campeões.  A primeira partida será no dia 14 de fevereiro, em Paris.  Foto: Reuters
Lucas Hernandez esteve no gramado por apenas nove minutos. Ele já terminou a temporada devido a um ligamento cruzado rompido. Isso também é uma má notícia para o Bayern, que enfrentará o PSG nas oitavas de final da Liga dos Campeões. A primeira partida será no dia 14 de fevereiro, em Paris. Foto: Reuters

Receio que a lesão seja muito grave! Para os próximos jogos, terei que montar uma nova linha defensiva. Temos bons substitutos suficientes”, enfatizou Deschamps.

O vencedor da Bola de Ouro, Karim Benzema (Real Madrid), o artilheiro da Bundesliga Christopher Nkunku (RB Leipzig), o caprichoso virtuoso Paul Pogba (Juventus), o brilhante meio-campista N’Golo Kante (Chelsea) e o zagueiro Presnel Kimpembe (Paris St. cancelar a apresentação no WC deste ano. A maioria das seleções não tem substitutos adequados, mas os atuais campeões claramente os têm.

Giroud orgulhoso de igualar o recorde de Henry
Deschamps teve que usar o plano B, mas acabou sendo excelente. Olivier Giroud se destacou com dois gols e, aos 36 anos e 53 dias, tornou-se o artilheiro mais velho da seleção europeia em uma Copa do Mundo. O atacante do Milan marcou 51 gols em 115 partidas pelo Gaelic Roosters, igualando o recorde de Thierry Henry.

Notícias relacionadas
Apesar de um déficit inicial, a França venceu, o que os três campeões anteriores não conseguiram.

O início da partida foi muito ruim, mas reagimos rapidamente. Poderíamos ter marcado mais gols, mas ainda assim fomos eficientes. Essa reviravolta é crucial para a autoconfiança. Estou muito orgulhoso da minha conquista no tiro. Espero continuar com minhas atuações efetivas nesta Copa do Mundo, pois ainda está muito longe do nosso objetivo final“, enfatizou Giroud.

Milla continua a ser a mais velha com uma dobradinha em uma partida da Copa do Mundo
Apenas o lendário Roger Milla era mais velho quando marcou dois gols em uma partida da Copa do Mundo. O camaronês fez isso contra a Romênia na vitória por 2 a 1 aos 38 anos e 34 dias.

Eu não acho que ele se importou muito com esse disco. Ele é capaz de se concentrar em cada partida individualmente. Ele não é apenas excelente na frente do gol, mas também indispensável no jogo de combinação“, acrescentou Deschamps.


sofascore.com
” alt=”Gráficos fornecidos sofascore.com“>
Gráficos fornecidos sofascore.com

Deschamps elogiou especialmente Mbappé
Kylian Mbappé brilhou no segundo tempo. Ele fez 3 a 1 aos 68 minutos e fez um belo passe para Giroud para o placar final três minutos depois.


Didier Deschamps, que ergueu o troféu da Copa do Mundo como jogador e técnico, estava radiante de satisfação após a partida de abertura.  Foto: Reuters
Didier Deschamps, que ergueu o troféu da Copa do Mundo como jogador e técnico, estava radiante de satisfação após a partida de abertura. Foto: Reuters

Acho que ele tem sido um dos melhores jogadores de futebol do mundo desde a última Copa do Mundo. Eu tinha certeza que ele viria para o Catar muito bem preparado. Ele não é apenas um indivíduo excepcional, mas se encaixa na equipe. Isso é brilhante para nós“, disse Deschamps, que está no banco de reservas da França desde 8 de julho de 2012. Ele sucedeu a Laurent Blanc, que não correspondeu às expectativas nas Eurocopas da Polônia e da Ucrânia.

Rabiot fez uma estreia de sonho no WC
Adrien Rabiot recusou um convite de Deschamps há quatro anos, pois esperava-se que ele fosse reserva em caso de lesão. Agora, o jogador de 27 anos subiu ao grande palco. Ele fez uma estreia dos sonhos na Copa do Mundo. Christophe Dugarry é o mais recente francês a estrear-se com um golo e uma assistência. Em 1998, os franceses sagraram-se campeões mundiais pela primeira vez em casa.

Pela primeira vez desde a final de 1998, os franceses marcaram pelo menos dois gols de cabeça em partidas da Copa do Mundo. Há 24 anos, em uma final inesquecível, Zinedine Zidane afundou os brasileiros ainda no primeiro tempo. Desta vez, Rabiot, Mbappé e Giroud foram precisos.

Giroud levou a França à vitória sobre a Austrália

Arnold não está desapontado, porque os australianos não jogaram mal
Os australianos perderam na estreia do Grupo C contra a França por 2 x 1 em Kazan, quatro anos e meio atrás, depois que Aziz Behich colocou a bola na própria rede a nove minutos do final. Seguiu-se um empate com a Dinamarca (1:1) e uma derrota para o Peru por 0:2. Apenas um ponto significou uma grande decepção, desta vez eles têm mais dois exames de recuperação. É muito provável que a derradeira rodada seja decidida na próxima quarta-feira, contra a Dinamarca.

A maior qualidade dos franceses tomou a decisão. Eles não se tornaram campeões mundiais há apenas quatro anos. Conseguimos uma ótima largada, mas não duramos muito na liderança. Os franceses têm jogadores mais altos e fortes que também são muito mais rápidos. Eles jogam em campeonatos muito mais fortes, e isso deve ser reconhecido no final. Seus modelos eram realmente precisos. Não estou desapontado porque não jogámos mal. Vamos procurar nossa chance nas duas partidas restantes. Felizmente, os dinamarqueses e tunisianos empataram e tudo ainda está em aberto. Claro, temos que vencer a Tunísia no sábado, e então a rodada final decidirá”, disse o selecionador Graham Arnold.

Os dinamarqueses já venceram os franceses duas vezes este ano
Promete ser uma batalha muito acirrada no Grupo D, e na tarde de sábado haverá um verdadeiro duelo entre França e Dinamarca. Este ano, as duas equipas já se defrontaram na Liga das Nações, e ambas as partidas foram vencidas pelos dinamarqueses (2:1 no Stade de Franco e 2:0 em Copenhaga).

Resumos do jogo França – Austrália
Análise da segunda parte França – Austrália

Estela Costa

"Leitor freelance. Introvertido premiado. Defensor do café. Especialista incondicional em bacon. Escritor amigável."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *