Imagens do Homem e da Humanidade | Diário 24

Entre 30 de setembro e 2 de novembro, o 11º Festival Internacional de Belas Artes de Kranj será realizado em Kranj sob o título Ecce Homo – Figura em uma nova realidade. É um dos maiores festivais de arte da Eslovénia, que este ano acolhe 98 artistas da Eslovénia e do estrangeiro.

O festival entra em uma nova década com um novo diretor artístico do festival, um escultor acadêmico, Martino Marenčič. Pai conceitual do festival e seu diretor artístico de dez anos Mestrado Cláudio Tutta depois de dez anos trabalhando no festival, ele decidiu passar a liderança artística para a próxima geração e está participando do festival deste ano como consultor.
A abertura principal e um tour pelas galerias no centro histórico de Kranje começarão amanhã, sexta-feira, 30 de setembro, às 17h.
300 obras de arte de 56 autores da Eslovênia e 42 da Armênia, Áustria, Croácia, Itália, Israel, Japão, Hungria, Alemanha, Holanda, Polônia, Portugal, Romênia, Rússia, Eslováquia, Sérvia, Espanha, Suécia estarão em exposição. e Ucrânia.

Na sexta-feira, reconhecimentos e prêmios também serão concedidos, o mais alto reconhecimento da Associação de Artistas Visuais Eslovenos por Realização e Contribuição para a Arte Figurativa Eslovena será recebido por uma excelente obra figurativa Yuri Kalan. Kalan nasceu em 1961 em Kranj, em 1990 ele se formou na ALU em Ljubljana no departamento de pintura sob prof. Balas Kraševec. Expôs em exposições individuais e coletivas e recebeu vários prêmios.

Os guias para todos os interessados ​​nas exposições do festival em 14 locais serão realizados nos dias 4, 6, 7, 18 e 19 de outubro às 10h e no dia 11 de outubro às 16h O ponto de encontro será na fonte da praça principal de Kranj .
A exposição principal será realizada nas instalações do Museu Gorenjski: Galeria da Câmara Municipal, Salão do Pilar, Galeria do Porão da Câmara Municipal, Galeria da Casa Prešeren e Adega da Casa Prešeren. Visiting Japan será apresentado na Small Gallery nas instalações da Kranj Art Society: será possível ver as obras de quatro artistas japoneses.




Este ano, em Kranj, eles decidiram por um tema que não havia sido discutido no festival antes, ou seja, o figurativo, ou um pouco mais restrito, o humano. A festa tem um nome Ecce Homo – Uma figura em uma nova realidade. A diretora artística Martina Marenčič escreveu no catálogo anexo que “se a arte figurativa é uma representação artística do mundo real, especialmente dos seres vivos, o tema do festival deste ano é acima de tudo a imagem do homem, ou da humanidade,
como é hoje.”
Anunciou que será possível ver “uma gama dos melhores trabalhos de artistas locais e estrangeiros” em Kranj e que, como novidade, estão a introduzir uma secção de ilustradores e uma performance de arte ao vivo, que terminará com o festival a ganhar um última exposição na inauguração.

Renata Saldanha

"Viciado em álcool incondicional. Solucionador de problemas ao longo da vida. Especialista em bacon. Defensor de viagens. Praticante de TV orgulhoso. Explorador freelance. Leitor amador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *