Não esqueça! Os ponteiros do relógio serão movidos para trás uma hora na noite de domingo

O último movimento do relógio foi inicialmente planejado para 2019, mas a decisão sobre isso foi adiada na UE devido a outras prioridades.

Na Eslovênia, começamos a mover os ponteiros dos relógios em 1983. A decisão final de recuar uma hora todo último domingo de outubro e adiantar uma hora todo último domingo de março foi tomada em 2006. De acordo com essa decisão, desta vez o movimento dos ponteiros do relógio.

O objetivo de mudar o relógio para o horário de verão era acender as luzes no final do dia e, assim, aproveitar melhor a luz do dia, economizando energia. Como resultado da medida, deve haver menos acidentes de trânsito e crimes, e a economia também deve sentir os efeitos positivos. Os opositores da medida apontam que o movimento das mãos tem um efeito negativo no relógio biológico das pessoas, piora o humor e a saúde.

Em novembro de 2018, o governo esloveno, em princípio, apoiou a proposta de diretiva para abolir o movimento dos relógios, mas apenas com a condição de que seja previsto um mecanismo e um prazo adequado para uma transição coordenada para uma hora harmonizada a nível da UE .

Na Eslovênia, o horário padrão é o horário da Europa Central, que corresponde ao horário de inverno. Se o movimento sazonal dos relógios para o horário de verão fosse abolido, o horário padrão de inverno estaria em vigor durante todo o ano em nosso país com base na Lei de Cálculo do Tempo.

Por outro lado, uma consulta pública organizada por Bruxelas em 2018 mostrou que os eslovenos são mais a favor da hora de verão, assim como portugueses, cipriotas e polacos. A maioria dos finlandeses, dinamarqueses e holandeses votou a favor do inverno.

Os membros da UE são classificados em três fusos horários diferentes. A hora da Europa Ocidental aplica-se à Irlanda e Portugal, a hora da Europa Central a 17 membros da UE, incluindo a Eslovénia, e a hora da Europa Oriental à Bulgária, Chipre, Estónia, Finlândia, Grécia, Letónia, Lituânia e Roménia.

Paulino Leitão

"Especialista em cerveja. Leitor orgulhoso. Especialista em comida profissional. Praticante de zumbis. Explorador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *