O capítulo final do doutorado em futebol de Lionel Messi



O beijo que Lionel Messi mais queria. Foto: Reuters

O caminho até o tão desejado título, que para muitos acabou com o debate sobre o melhor jogador de futebol de todos os tempos, foi espinhoso. Mas não parecia assim até o minuto 80. Os argentinos venciam por 2 a 0 e dominavam o campo. Os franceses estavam desesperados, Mbappé invisível.

O gatilho para a reviravolta de 97 segundos do Gaelic Roosters foi um pênalti marcado e convertido, seguido por outra peça genial de Mbappé. A torcida argentina estava de joelhos quando Messi disparou da entrada da área aos cinco minutos dos acréscimos e foi liberado pelo goleiro francês Hugo Lloris.

Mas aquilo foi só o inicio. Assim como os últimos dez minutos do tempo regulamentar, a prorrogação também foi emocionante. Quando Messi marcou aos 108 minutos, parecia um sonho encerrando sua carreira, mas Mbappé respondeu novamente. Os deuses do futebol recompensaram e redimiram Messi apenas em chutes de pênalti.

É uma loucura que tudo acabou assim. Eu queria tanto esse título. Eu sabia que com a ajuda de Deus iríamos alcançá-lo. Sempre tive a sensação de que estávamos destinados,” disse Messi, que de forma alguma queria abrir mão da taça. O último de seus compatriotas a levantá-la há 36 anos foi Diego Maradona, falecido em 2020.

Sofremos, mas conseguimos. Mal podemos esperar para voltar à nossa terra natal e ver por nós mesmos como a atmosfera é louca por lá,” acrescentou a estrela de 35 anos do Paris Saint-Germain.

Sete Bolas de Ouro para o melhor jogador do mundo, dez campeonatos na Espanha, um na França, sete Copas da Espanha, quatro Ligas dos Campeões, três Supercopas da Europa, três Mundiais de Clubes, uma Copa América e de sobremesa o que ele queria mais – título mundial.

E este como o melhor jogador e com sete gols o segundo maior artilheiro da Copa do Mundo.

Lionel Messi completou o círculo, virou o jogo e agora pode entrar em paz na eternidade do futebol.

Enigma: Pesquisa de opinião – Lionel Messi se tornou o ‘maior’ jogador de futebol de todos os tempos com o título da Copa do Mundo?

Egídio Pascoal

"Estudante. Especialista em web. Guru da música. Especialista em bacon. Criador. Organizador. Típico viciado em viagens. Estudioso de café. Explorador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *