O deleite não foi – os ingleses e americanos não conseguiram balançar a rede



Na terceira partida entre as duas rivais pelo mundial, as duas seleções criaram muitas oportunidades, principalmente no primeiro tempo, as americanas mais algumas, mas no final as redes pararam. Foto: Reuters

Weston McKennie depois de desperdiçar a chance dos americanos.  Foto: Reuters
Weston McKennie depois de desperdiçar a chance dos americanos. Foto: Reuters

Os Três Leões, que estavam no papel de favoritos, não conseguiram vencer os americanos na Copa do Mundo pela terceira vez. Em 2010, quando também enfrentaram a Eslovênia no grupo da África do Sul, empataram (1 a 1), e já em 1950, os americanos prepararam uma das maiores surpresas da história dos mundiais com uma vitória por 1 a 0. Desta vez as duas equipas voltaram a empatar, mas os adeptos não viram um único golo (0:0).

O primeiro tempo foi mais interessante
Para a partida contra os EUA, a aparição de Harry Kane ficou em dúvida por um tempo, mas ele era titular.

Foi o capitão da seleção da Inglaterra quem deu a primeira chance da partida – aos 10 minutos, Bukayo Saka passou para a área, Kane chutou de 10 m, mas o chute foi bloqueado por um jogador de futebol americano. Saka voltou a fazer um belo cruzamento para a área, mas Kieran Trippier não finalizou bem o ataque.


No final do primeiro tempo, Mason Mount fez o primeiro chute no quadro da linha selecionada pela Inglaterra.  Foto: Reuters
No final do primeiro tempo, Mason Mount cuidou do primeiro chute no quadro da linha selecionada pela Inglaterra. Foto: Reuters

Após a iniciativa inicial dos ingleses, os americanos tornaram-se mais perigosos. Aos 17 minutos, eles tiveram a primeira chance, Haji Wright chutou de cabeça de 11 metros ao lado do gol após passe da direita. Aos 26 minutos, os americanos tiveram uma chance ainda melhor, após bela combinação, Timothy Weah cruzou da direita para a área, onde foi recebido por Weston McKennie, que chutou de cerca de 8 m, mandou a bola através do gol. Aos 33 minutos, Christian Pulisic chutou da entrada da área e acertou na trave.

Aos 43 minutos, Pulisic voltou a marcar, mas o cabeceamento não foi dos melhores.

Aos 45 minutos, Luke Shaw passou na frente da área, mas Saka não executou bem o ataque. Aos 46 minutos, Mason Mount disparou o primeiro chute na trave do gol americano – da entrada da grande área, ele mirou no canto inferior esquerdo, Matt Turner se mostrou com uma defesa marcante.

Pulisic bate na trave, Turner para Mount

sofascore.com
” alt=”Gráficos fornecidos sofascore.com“>
Gráficos fornecidos sofascore.com

segundo tempo sonolento
A abertura do segundo tempo começou como no primeiro tempo – sem grandes chances. Os americanos então tomaram a iniciativa, dominaram no green – Pulisic, a primeira estrela dos americanos, cobrou vários escanteios, mas não conseguiu marcar.

Ambos os seletores fizeram algumas alterações, mas estas não trouxeram novas ações perigosas, o jogo se acalmou para os dois lados.

Aos 87 minutos, Marcus Rashford, em uma das raras ações dos ingleses no segundo tempo, chutou ao gol dos americanos, mas o goleiro Turner não teve trabalho difícil.

Aos 94 minutos, Shaw cruzou para a área, Kane cabeceou ao lado.

11-25 (B) Inglaterra-EUA( id: 3854561), Jogo ao vivo, Todos (golos, substituições, cartões)
11-25 (B) Inglaterra-EUA (id: 3854561), Leis
11-25 (B) Inglaterra-EUA (id: 3854561), Estatísticas da partida
Copa do Mundo Fifa 2022
# Seleções nacionais Sem combinações vitórias Empate Derrota Diferença de gols Pontos
Grupo B
1.

Inglaterra

3 2 1 0 9:2 7
2.

EUA

3 1 2 0 2:1 5
3.

Irã

3 1 0 2 4:7 3
4.

País de Gales

3 0 1 2 1:6 1

Mesmo na terceira tentativa pelo WC, as inglesas não venceram as americanas
Resumos do jogo Inglaterra – EUA
Análise do primeiro tempo da partida Inglaterra x EUA
Análise do segundo tempo da partida Inglaterra x EUA
Copa do Mundo da FIFA Qatar 2022: Inglaterra x EUA, clipe

Lourenço Miranda

"Entusiasta da TV. Encrenqueiro. Geek da cultura pop. Viciado em música sutilmente encantador. Aspirante a pensador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *