O turismo croata provavelmente terá ganhos recordes este ano



Dubrovnik ainda atrai a maior atenção do público internacional. Foto: Reuters

Após a especulação e o medo da primavera, agora está claro que a demanda de turistas europeus e globais por destinos turísticos croatas não diminuiu. Conforme anunciado pelo Ministério do Turismo croata, a receita deste ano do turismo croata excederá o recorde anterior de 2019 e se aproximará de 11 bilhões de euros.

O culpado parcial por essa quantia é, obviamente, a inflação, mas, apesar disso, os trabalhadores do turismo croatas estão extremamente satisfeitos com os ganhos deste ano. Atualmente, cerca de um milhão de hóspedes, a maioria estrangeiros, estão de férias no país, informa a HRT.

A renda dos trabalhadores turísticos é boa, apesar do número de hóspedes um pouco menor, porque eles gastam mais. Segundo especialistas, as pessoas economizaram algum dinheiro durante a pandemia, que agora estão dispostas a gastar mais nas férias.


Os Lagos Plitvice são uma das maiores atrações da Croácia continental.  Foto: Rádio Si
Os Lagos Plitvice são uma das maiores atrações da Croácia continental. Foto: Rádio Si

Por exemplo, 24.000 turistas estão atualmente de férias em Dubrovnik, cerca de 10% menos do que no ano recorde de 2019. Os turistas estão impressionados com a oferta e o cenário histórico excepcional. “Viemos pela história, pelas belas paredes. Não ouvimos muito sobre Dubrovnik, exceto que é lindo, e por isso decidimos visitá-lo”.

As atrações do interior do país também têm uma temporada igualmente boa. O Parque Nacional Krka, onde reinam as belas cachoeiras do rio Krka, já foi visitado por um milhão de visitantes este ano. O Parque Natural dos Lagos de Plitvice também aguarda a mesma visitação em massa, onde, antes da pandemia, o acesso a atrações naturais, que já estavam em perigo considerável devido à visitação em massa, era severamente restringido.

Egídio Pascoal

"Estudante. Especialista em web. Guru da música. Especialista em bacon. Criador. Organizador. Típico viciado em viagens. Estudioso de café. Explorador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.