Os alemães aceleraram o ritmo e derrotaram a Bielorrússia



A Alemanha, bicampeã europeia (2004, 2016), venceu a Bielorrússia na estreia. Foto: EPA

Notícias relacionadas
Contra os dinamarqueses favoritos, talvez sem o capitão Jure Dolenc

Os alemães, que viajaram para a Eslováquia sem alguns jogadores de longa data (Gensheimer, Pekeler, Weinhold), tiveram um mau começo de partida, já que a Bielorrússia abriu uma vantagem de 7:2 e venceu 18:17 no intervalo.

A primeira vantagem alemã no segundo tempo veio aos 36 minutos (21:20). Marcel Schiller (cinco gols em cinco finalizações até então) decidiu a partida mais do que não da ala aos 55 minutos (31:26). Kai Häfner (8 gols) foi escolhido como o melhor jogador da partida.

No segundo jogo de hoje do Grupo D, a Polônia venceu a Áustria, comandada por Aleš Pajovič, aos 36h31. Arkadiusz Moryto foi o jogador mais eficaz com nove gols. Sebastian Frimmel marcou oito gols para os austríacos.

Islândia derrotou Portugal
Esperam-se batalhas extremamente interessantes no Grupo B. Na quinta-feira, diante de 20.000 espectadores em Budapeste, a Holanda derrotou a Hungria com 31:28, e hoje a Islândia eliminou Portugal com 28:24. Entre os handebolistas da terra dos gêiseres, Bjarki Elisson e Sigvaldi Gudjonsson foram os mais efetivos com cinco gols cada, enquanto Victor Iturriza e André Sousa foram os perdedores. Ambos marcaram quatro gols cada.

A Eslovênia começou o torneio com uma vitória sobre a Macedônia do Norte (27h25), e no sábado, às 20h30, a Dinamarca os espera (transmissão na TV SLO 2).

Grupo D, Bratislava:
ALEMANHA – BIELORRÚSSIA 33:29 (17:18)

ÁUSTRIA – POLÔNIA 31:36 (14:17)


Grupo B, Budapeste:
PORTUGAL – ISLÂNDIA 24:28 (10:14)

Jogou na quinta-feira:
HUNGRIA – OS PAÍSES BAIXOS 28:31 (10:13)

Egídio Pascoal

"Estudante. Especialista em web. Guru da música. Especialista em bacon. Criador. Organizador. Típico viciado em viagens. Estudioso de café. Explorador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *