Polónia é pela primeira vez mais rica que Portugal, segundo dados da UE

De acordo com o Eurostat, a Polónia ultrapassou Portugal pela primeira vez em termos de medida padrão de riqueza. É o segundo membro “antigo” da UE – depois da Grécia em 2015 – que ultrapassou a Polônia após um rápido crescimento econômico nas últimas décadas.

Os dados em questão medem o produto interno bruto (PIB) per capita, levando em consideração as diferenças de preços (padrões de poder de compra, PPS) entre os estados membros. Os últimos dados preliminares do Eurostat para 2021 mostram que a Polónia está à frente de Portugal pela primeira vez, informa o 300Gosporadka Business News Service.

No ano passado, o PIB per capita da Polónia de acordo com o PIB foi de 76,9% da média da UE, quase 3 pontos percentuais atrás de Portugal (74,1%) e Espanha (84,4%).

No entanto, o número da Polônia é menor do que muitos dos estados membros do leste da UE que aderiram ao bloco em 2004: República Tcheca (91,5%), Eslovênia (90,1%), Lituânia (88,2%) e Estônia (87,4%).

Luxemburgo (277,5%), Irlanda (220,6%) e Dinamarca (133,3%) registraram os maiores níveis de PIB per capita em comparação com a média da UE. Os mais baixos são a Bulgária (55,4%), Grécia (64,8%) e Eslováquia (68%).

De acordo com o Eurostat, a divulgação de estatísticas sobre padrões de poder de compra – ou seja, uma moeda comum que elimina as diferenças nos níveis de preços entre países – permite comparações significativas do PIB.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) o fez em 2020, enquanto números recentes mostram que as estatísticas da UE colocam a Polônia à frente de Portugal pela primeira vez.

“É fácil encontrar trabalho e uma boa vida aqui”: Polônia atrai imigrantes da Europa Ocidental

A Polônia experimentou uma das maiores taxas de crescimento do PIB na Europa nas últimas três décadas. Foi o único país da UE a não entrar em recessão entre 2007 e 2009 durante a crise financeira e foi um dos países mais vulneráveis ​​aos surtos de coronavírus.

Em 2021, a economia polaca cresceu 5,7%, o crescimento mais rápido em 14 anos. Ao mesmo tempo, a Polônia enfrenta a maior inflação da UE, que atingiu 11% em março, o nível mais alto em 20 anos.

A Polônia foi classificada como a sexta melhor economia dos países ricos durante as epidemias

Crédito da imagem chave: suprimentos gratuitos/Abrir

Egídio Pascoal

"Estudante. Especialista em web. Guru da música. Especialista em bacon. Criador. Organizador. Típico viciado em viagens. Estudioso de café. Explorador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.