Ronaldo deu um ultimato: Bayern ou Chelsea

Sabe-se porque é que Cristiano Ronaldo terminou a sua colaboração de longa data com Jorge Mendes e assinou uma transferência para a Arábia Saudita, na qual o superagente português não esteve envolvido.

Depois que ficou claro que ele estava deixando o Manchester United, ele deveria Cristiano ronaldo ainda queria ficar na Europa, e também apresentou essa ideia ao seu agente para Jorge Mendes.

“Faça com que eu me transfira para o Bayern ou para o Chelsea”, disse o craque português a ele, escreve o espanhol El Mundo.

Mendes, com quem trabalharam por quase duas décadas, entrou em ação, mas não teve sucesso. No Bayern, tal cenário foi riscado imediatamente, mas no Chelsea, havia um dono americano Todd Boehly provavelmente muito simpático a tal ideia, mas a luz vermelha foi acesa pelo treinador na época Thomas Tuchel.

O fim de uma colaboração frutífera que durou duas décadas

Como a mudança para Londres ou Munique não deu certo, Ronaldo teria brigado com Mendes e, portanto, encerrado uma das colaborações mais frutíferas entre um agente de futebol e um jogador até agora.

Durante a transferência para a Arábia Saudita, em vez de um dos agentes de futebol mais influentes, interveio um bom amigo de Ronaldo, ex-representante da fabricante americana de equipamentos esportivos Nike. Ricky Refúgio, que rendeu a Ronaldo o maior salário da história do futebol. No Al Nassr, ele vai embolsar mais de 200 milhões de euros por ano.

Marcas



Egídio Pascoal

"Estudante. Especialista em web. Guru da música. Especialista em bacon. Criador. Organizador. Típico viciado em viagens. Estudioso de café. Explorador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *