Salah afunda Manchester City em Anfield



Mohamed Salah deu a liderança ao Liverpool aos 76 minutos. Foto: Reuters

O Manchester City sofreu sua primeira derrota no campeonato da temporada após uma série de sete vitórias e dois empates nas nove primeiras rodadas. Mas os derbies contra o Liverpool são sempre extremamente tensos, desta vez não foi diferente.

Os convidados do Etihad balançaram as redes no segundo tempo, mas o gol foi anulado. Para o artilheiro da Premier League Erling Haaland os tintos se prepararam perfeitamente, seu (metade) as oportunidades foram severamente limitadas.

No final, ele foi o homem da decisão Mohamed Salah, atrás do qual é um início de temporada bastante tranquilo. O egípcio não está na melhor forma de arremesso este ano, mas obviamente começou a se recuperar. É contra na Liga dos Campeões guardas alcançou chapéutruquedesta vez ele afundou o campeão inglês.


O momento que decidiu o clássico em Anfield.  Foto: Reuters
O momento que decidiu o clássico em Anfield. Foto: Reuters

Jogadores do Manchester City comemoram o gol de Phil Foden, que mais tarde foi anulado pela falta de Erling Haaland sobre Fabinho.  Foto: Reuters
Jogadores do Manchester City comemoram o gol de Phil Foden, que mais tarde foi anulado pela falta de Erling Haaland sobre Fabinho. Foto: Reuters

City ‘segura’ a bola, Liverpool ataca
Derby sobre Previsivelmente, Anfield começou com muita cautela de ambos os lados, nenhuma das equipes queria correr muitos riscos nos minutos iniciais, apenas aos 15 minutos do primeiro semi oportunidade desperdiçado à beira da grande área Ilkay Gundoganque atirou direto no goleiro Alisson Becker. O Liverpool criou sua primeira chance seis minutos depois, quando Harvey Elliott fez um cruzamento útil na frente da baliza, e aí Diogo Jota mandou a bola para os braços do guarda-redes com a cabeça Ederson Moraes. Aos 24 minutos, depois de uma bela jogada do Liverpool, cheirava a gol, mas Andrew Robertson do lado esquerdo da escala muito alto. Os donos da casa pressionaram no final do primeiro tempo sobre o gol dos campeões ingleses, eles se defenderam, mas a última chance real do primeiro tempo foi oferecida ao melhor artilheiro desta temporada Erling Haalandque tentou uma cabeçada após um cruzamento diagonal, mas permaneceu em 0:0.


Aos 86 minutos, Jürgen Klopp recebeu cartão vermelho ou suspensão por protestar furiosamente.  Durante a reunião, o estrategista alemão fez muitos comentários sobre o julgamento de Anthony Taylor e seus assistentes.  Foto: Reuters
Aos 86 minutos, Jürgen Klopp recebeu cartão vermelho ou suspensão por protestar furiosamente. Durante a reunião, o estrategista alemão fez muitos comentários sobre o julgamento de Anthony Taylor e seus assistentes. Foto: Reuters

Foden ele se alegrou cedo demais
Já está nos minutos iniciais da sequência Mohamed Salah escapou da defesa visitante e atirou com perfeição, Ederson com sua última força, desviou a bola alguns centímetros além do poste direito, e também se machucou momentaneamente no processo. O jogo recomeçou alguns minutos depois, quando as alas Pep Guardiola também liderou. Phil Foden se alegrou com o gol, que foi anulado após assistir ao vídeo devido à falta de Haaland. da cidade o banco ainda não chegou completamente se acalmou quando ela sobre do outro lado, Jota o bloqueou com a cabeça de perto. Salah enviou-lhe um cruzamento brilhante com a esquerda sobre segundo golo, o avançado português é completamente mandou uma bola desobstruída para o poste da baliza.

Salah deu uma explosão de entusiasmo
E então, no entanto, uma mudança no resultado! Assim como nos minutos iniciais, aos 76 minutos, Salah mais uma vez escapou da defesa visitante e se viu frente a frente com Ederson, só que desta vez ele colocou a bola na rede por 1:0. Anfield foi engolido por uma onda de excitação. Os jogadores de futebol têm até o final da reunião sobre sangue ferveu dos dois lados várias vezes, o City tentou igualar o resultado, mas em vão. Apesar dos seis minutos da prorrogação de Taylor (a partida se arrastou até os 100 minutos!), o Liverpool resistiu a todos os ataques e conseguiu apenas a terceira vitória da temporada.


O líder Arsenal reforçou sua posição no topo da Premier League depois de derrotar o City em Anfield e vencer em Elland Road.  Foi assim que Bukayo Saka marcou o único gol da partida.  No segundo tempo, os anfitriões tiveram a chance de empatar, mas Patrick Bamford perdeu um chute de pênalti.  Ele apontou para o canto direito, sua intenção foi adivinhada pelo goleiro Aaron Ramsdale e manteve o placar inalterado.  Os artilheiros mantiveram a vantagem mínima até o final da reunião para sua nona vitória da temporada.  Foto: Reuters
O líder Arsenal reforçou sua posição no topo da Premier League depois de derrotar o City em Anfield e vencer em Elland Road. Foi assim que Bukayo Saka marcou o único gol da partida. No segundo tempo, os anfitriões tiveram a chance de empatar, mas Patrick Bamford perdeu um chute de pênalti. Ele apontou para o canto direito, sua intenção foi adivinhada pelo goleiro Aaron Ramsdale e manteve o placar inalterado. Os artilheiros mantiveram a vantagem mínima até o final da reunião para sua nona vitória da temporada. Foto: Reuters

Lestvica:                             
ARSENAL             10  9 0 1 24:10 27
MANCHESTER CITY     10  7 2 1 33:10 23
TOTTENHAM           10  7 2 1 22:10 23
CHELSEA              9  6 1 2 15:10 19
MANCHESTER UTD.      9  5 0 3 13:15 16
NEWCASTLE           10  3 6 1 17:9  15
BRIGHTON             9  4 2 3 14:11 14
LIVERPOOL            9  3 4 2 21:12 13
BRENTFORD           10  3 4 3 18:17 13
BOURNEMOUTH         10  3 4 3 10:22 13
FULHAM              10  3 3 4 16:20 12
WEST HAM            10  3 2 5  9:11 11
CRYSTAL PALACE       9  2 4 3 10:12 10
EVERTON             10  2 4 4  8:11 10
LEEDS                9  2 3 4 11:13  9
ASTON VILLA         10  2 3 5  7:13  9
WOLVERHAMPTON       10  2 3 5  4:12  9
SOUTHAMPTON         10  2 2 6  9:18  8
LEICESTER           10  1 2 7 15:24  5
NOTTINGHAM FOREST   10  1 2 7  7:23  5

Premier League, 11ª rodada

LIVERPOOL – CIDADE DE MANCHESTER 1:0 (0:0)
Sala 76.

Liverpool: AlissonMilner, Gomez, Van Dijk, Robertson, Thiago, Fabinho (73./Henderson), Elliott (72./Carvalho), Salah (90./Alexander-Arnold), Firmino (72./Darwin), Jota (98./Cimikas).

Cidade do homem: EdersonCancelo, Dias, Akanji, Também conhecido comoDe Bruyne, RodrigoGündogan (89./Alvarez), Silva, Haaland, Foden.

Juiz: Anthony Taylor

BRENTFORD – BRIGHTON 2:0 (1:0)
Toney 27., 64./11-m

LEICESTER – PALÁCIO DE CRISTAL 0:0

FULHAM – BOURNEMOUTH 2:2 (1:2)
Diop 22., Mitrović 52./11-m; Salmoura 2º, Lerma 29.

WOLVERHAMPTON – NOTTINGHAM FOREST 1:0 (0:0)
Neves 56./11-m

TOTTENHAM – EVERTON 2:0 (0:0)
Kane 59./11-m, Hojbjerg 86.

ASTON VILLA – CHELSEA 0:2 (0:1)
Monte 6., 65.

MANCHESTER UNITED – NEWCASTLE 0:0

SOUTHAMPTON – WEST HAM 1:1 (1:0)
Perraud dia 20; Arroz 64.

LEEDS – ARSENAL 0:1 (0:1)
Saca 35.
Bamford (Leeds) desperdiçou 11 m/64.

Egídio Pascoal

"Estudante. Especialista em web. Guru da música. Especialista em bacon. Criador. Organizador. Típico viciado em viagens. Estudioso de café. Explorador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *