Você não vai acreditar no que ele está fazendo hoje: “Não é vergonha”

O ex-zagueiro escolheu uma profissão completamente diferente dos campos de futebol.

Fabio Coentrãobicampeão da Liga dos Campeões pelo Real Madrid, aposentou-se como jogador profissional aos 33 anos e agora é pescador.

O antigo defesa português nasceu em Vila do Conde, que possui uma rica tradição piscatória. Comprou seu primeiro barco de pesca quando ainda era membro do White Ballet e hoje, como parte da atividade pela qual se apaixonou quando criança, emprega até 45 pessoas.




Épico

“As pessoas que amam o mar e anseiam por experiências marítimas devem seguir seus sonhos. Este é um trabalho para as novas gerações também. A vida no mar não é uma vergonha, como alguns podem pensar. É um trabalho como qualquer outro. Mas isso não é tudo. O mar é lindo e todos nós precisamos dele. Os pescadores merecem o mesmo nível de respeito que as pessoas de outras profissões.” disse Coentrão.

“Vim aqui toda a minha vida. O meu pai tinha um barco e gostava de pescar. Segui-o muitas vezes e gostei muito. Quando tinha férias vinha sempre que podia. Sabia que a minha carreira no futebol acabaria em algum momento e essa vida me levaria para outro lugar. Este barco é minha felicidade e essa é a vida que quero viver.” disse o português.

Conetrao iniciou a carreira no Rio Ave e ingressou no Benfica em 2007, onde logo atraiu a atenção do Real Madrid. Em 2011, ele pagou 30 milhões de euros por ele.

Por empréstimo do Ballet Branco, passou pelo Mónaco (2015/2016) e Sporting (2017/2018), e há quase três anos regressou ao Rio Ave, onde anunciou o fim da carreira profissional a 29 de janeiro, 2020.

Fabio Ceontrão |  Autor: Epa


Épico

Egídio Pascoal

"Estudante. Especialista em web. Guru da música. Especialista em bacon. Criador. Organizador. Típico viciado em viagens. Estudioso de café. Explorador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.