Inacreditável, mas é verdade: os sauditas derrotaram os argentinos!

A obra-prima de Al Davsari para dar aos sauditas uma vantagem de 2:1

Um jogo de dois tempos que terminou com uma das reviravoltas mais inesperadas da história da Copa do Mundo. Após o primeiro tempo, os argentinos poderiam ter vencido por 4 a 0 se não fossem os precisos árbitros eslovenos e o VAR. Após o segundo tempo, o jogo poderia ter sido significativamente mais longo do que antes “só” Aos 104 minutos, porém, os campeões sul-americanos não empatariam contra os grandes forasteiros do Grupo C.

De goleiro a artilheiro

Arábia Saudita com dois gols brilhantes Saleh Al Shehri e Salem Al Davsari abriu 2 a 1 em menos de cinco minutos no início do 2º tempo, e então eles falcões com uma defesa aguerrida e disciplinada comandada por um goleiro espirituoso, defendeu uma vantagem mínima para a primeira grande surpresa do WC 2022.

Mohamed Al Owais fez cinco defesas e se tornou o símbolo da primeira vitória saudita sobre a Argentina, que entrou na partida com a possibilidade de igualar o recorde da Itália – 37 jogos sem derrota, ao mesmo tempo em que era a segunda grande favorita ao lado do Brasil pela Copa celebração final no Catar. Mas a terceira jornada do WC 2022 trouxe um choque para Messi e sua equipe, que ainda terão que escolher uma chance de avançar contra México e Polônia.

Resumo do jogo Argentina x Arábia Saudita


Quem se atreveu a apostar antes do jogo nos sauditas contra Messi e o invencível grupo dos argentinos nos últimos três anos? Foto: Reuters

O VAR convenceu Vinčić do pênalti

Já aos cem segundos, cheirava a gol de Messi, mas o goleiro Al Ovais brilhou com desfile e impediu o capitão da Argentina de um início de sonho para a Copa do Mundo. No entanto, os campeões sul-americanos não esperaram muito pelo gol da vantagem. Após cobrança de falta lateral na área, Abdulhamid derruba Leandro Paredes e VAR é acionado Slavko Vinčić para consulta.

O árbitro esloveno apontou para o ponto branco e o capitão assumiu a responsabilidade Lionel Messi, que esperou muito pela jogada do goleiro Mohamed Al Owais. O saudita começou pela esquerda, e Messi mandou calmamente para o outro lado por 1 a 0.

Messi converteu o pênalti e deu 1 a 0 para a Argentina

No final da 1ª parte, o capitão da Arábia Saudita, Salman Al Faraj, lesionou-se, entregou a braçadeira a Salem Al Davsari, que então brilhou com um golo de 2:1.  Foto: Reuters
No final da 1ª parte, o capitão da Arábia Saudita, Salman Al Faraj, lesionou-se, entregou a braçadeira a Salem Al Davsari, que então brilhou com um golo de 2:1. Foto: Reuters

Gol de Lautaro Martínez anulado pelo VAR

Aos 23 minutos, após passe em profundidade, Messi voltou a colocar-se sozinho na frente do Al Ovais e checou-o de forma rotineira, mas o árbitro Tomaž Klančnik imediatamente levantou a bandeira por posição proibida. Nem cinco minutos se passaram quando ele fez La Albiceleste voltou a marcar, desta vez vencendo os adversários Lautaro Martinez. Apesar da comemoração Branco azul no estádio, os árbitros de vídeo revisaram a filmagem e no final Vinčić anulou o gol por posição proibida. Sagitário El Toro estava com o ombro acima da linha legal, o gráfico revelou impedimento semiautomático.

Aos 35 minutos, a combinação de Messi e Martinez descarrilou mais uma vez os sauditas, desta vez o atacante do Inter venceu Al Owais, mas o terceiro gol da Argentina também foi anulado por impedimento – desta vez de imediato e sem intervenção do VAR, com bandeira de Klančnik.

O saudita Al Šehri chocou com o empate aos 49 minutos

Cinco minutos de grande mudança

O segundo tempo começou com uma chuva fria para a Argentina, com a Arábia Saudita empatando no decorrer do jogo. Saleh Al Shahri ele recebeu um passe rápido de Firas Al Burajkan e ultrapassou o zagueiro Cuti Romero e abriu caminho para a rede argentina com um chute diagonal preciso para fazer o 1: 1.

Mas o verdadeiro choque veio quatro minutos depois, quando os sauditas abriram o placar! Argentinos confusos viram-se cercados na frente de seu próprio gol, depois de um chute bloqueado, a bola chegou ao capitão substituto. Salem Al Dawsari depois mostrou toda a sua técnica e mandou um verdadeiro golazo entre os três argentinos no ângulo superior direito do gol do indefeso Emi Martinez. Obra-prima para a incrível reviravolta saudita em menos de cinco minutos!


As estatísticas de uma partida chocante que entrará imediatamente para a história dos campeonatos mundiais.  Foto: Reuters
As estatísticas de uma partida chocante que entrará imediatamente para a história dos campeonatos mundiais. Foto: Reuters

Prorrogação da maratona, mas sem empate

Depois de uma hora de jogo está sob pressão gauche o zagueiro Tagliafico veio para o chute ou corte de perto, mas foi al Ovais no lugar certo. Então eles são falcões árabes compactaram muito as linhas defensivas e efetivamente impediram o desenvolvimento do jogo da Argentina. Eles sufocaram os meio-campistas adversários no meio e ampla os favoritos só tiveram que jogar pelas laterais.

Só depois de muita tortura e passes é que conseguiram um remate aos 84 minutos: Messi com a cabeça nos braços de Al Owais, que se torna o grande herói da Arábia Saudita. Ao final do tempo regulamentar, a partida foi estendida por oito minutos e uma grande oportunidade de empate surgiu imediatamente. O goleiro Al Ovais se desequilibrou na saída do gol, Álvarez chutou de virada, mas o gol foi bloqueado pelo zagueiro reserva Al Amri de cabeça na linha do gol.

Depois de uma lesão desagradável Jaser Al Shahrani, que foi atingido inadvertidamente na cabeça com uma joelhada do próprio goleiro, a partida se arrastou ainda mais. Aos 101 minutos, Alvarez cabeceou, mas não passou Al Owais.

Os últimos minutos do chocante jogo Argentina x Arábia Saudita

Muito, muito trabalho para os argentinos

A partida entre Argentina e Arábia Saudita, no Lusail Stadium, onde será disputada a grande final no domingo, dia 18 de dezembro, teve forte toque esloveno, já que o árbitro principal foi Slavko Vinčiće o lateral Tomaž Klančnik e Andraž Kovačič.

O Grupo C também inclui México e Polônia, que se enfrentam hoje, às 17h. Definitivamente um grupo em que se espera uma batalha tensa pelos lugares nas lutas de eliminação. Enquanto isso, o Grupo C cruza com o Grupo D, que inclui França, Dinamarca, Austrália e Tunísia, que também jogam partidas da primeira fase hoje.

11-22 (C) Argentina x Arábia Saudita (id: 3854572), Jogo ao vivo, Todos (gols, substituições, cartões)
11-22 (C) Argentina-Arábia Saudita (id: 3854572), Leis
11-22 (C) Argentina x Arábia Saudita (id: 3854572), Estatísticas da partida

Egídio Pascoal

"Estudante. Especialista em web. Guru da música. Especialista em bacon. Criador. Organizador. Típico viciado em viagens. Estudioso de café. Explorador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *