Marrocos buscará uma nova sensação diante de 45.000 torcedores



Kylian Mbappé (a cena é do treino de hoje), que pode ser o melhor jogador e o artilheiro do Mundial deste ano, está pronto para lutar. Foto: Reuters

Marrocos está a fazer história no Qatar: eliminou Espanha e Portugal e tornou-se na primeira seleção africana a chegar às meias-finais do Mundial. Se olharmos para os cinco jogos até agora no torneio, eles somaram o maior número de pontos de todos os quatro semifinalistas e, o mais importante, são os únicos que ainda não sofreram gols (se você não contar os autogolo que marcaram no jogo contra o Canadá). A França será mesmo um grande negócio, mas os marroquinos estão determinados a esmagar mais uma grande seleção nacional na quarta-feira (a partir das 20h00, transmissão pela TV SLO 2.


O treinador Valid Regragui já é um herói nacional, o que acontecerá se conseguir chegar à fase final.  Foto: EPA
O treinador Valid Regragui já é um herói nacional, o que acontecerá se conseguir chegar à fase final. Foto: EPA

Até o fim!
Estamos jogando contra os atuais campeões mundiais. Eles têm jogadores brilhantes e o melhor treinador do mundo. No entanto, acreditamos que podemos eliminá-los também. Por que não devemos nem acreditar que podemos vencer a Copa do Mundo, embora todos digam que já nos superamos ao chegar às semifinais. Você pode dizer que sou louco, às vezes é bom ter um pouco de loucura. Eu realmente acredito que seremos campeões, e nossa torcida com certeza vai nos ajudar muito“, disse o otimista treinador Valid Regragui, que naturalmente confiará a tarefa de cobrir o artilheiro da Copa do Mundo deste ano (5 gols), Kylian Mbappa, a Achraf Hakimi, companheiro de Mbappé e grande amigo no PSG.


O goleiro francês Hugo Lloris disse na coletiva de imprensa:
O guarda-redes francês Hugo Lloris disse numa conferência de imprensa: “Só podemos respeitar e admirar o que Marrocos conseguiu. Nada é acidental a este nível, por isso temos de levar o seu sucesso extremamente a sério. Se a equipa conseguir vencer a Bélgica, Espanha e Portugal , devem ter uma qualidade enorme, não só dentro de campo, mas também fora dele. Obviamente, eles têm a química certa, eles se unem, o espírito de equipe está em um nível muito alto.” Foto: Reuters
Lloris: A atmosfera no estádio será bastante hostil para nós

Em primeiro plano, o duelo Mbappé-Hakimi
Este confronto será algo especial. Se alguém conhece Mbappé melhor do que eu, é Hakimi, porque ele treina com Mbappé todos os dias. No entanto, não temos nenhuma tática especial para detê-lo. Se focarmos apenas nele, será um erro, porque a França não é só Mbappé, Griezmann ou Dembele” Marrocos não vai desviar-se da forma como joga. Isso significa defesas disciplinadas e contra-ataques rápidos. Contra Portugal, tiveram menos de 30% de posse de bola, mas no final conseguiram: “De que adianta ter 70% de posse de bola se você só tem alguns chutes a gol“, pergunta Regragui.”Todos os meus pupilos dão o seu melhor e sempre jogamos um jogo coletivo e com espírito de luta, o que para mim é tudo no futebol. Quem chega às semifinais da Copa do Mundo e não tem fome de vitória tem problema. Nem todo mundo tem a sorte de jogar nesta fase do torneio. As brasileiras, primeiras favoritas, já jogam em casa.


A loucura é total em Marrocos quando a selecção nacional de futebol chegar às meias-finais, serão 45 mil adeptos no Al Bajt Stadium.  Foto: Reuters
A loucura é total em Marrocos quando a selecção nacional de futebol chegar às meias-finais, serão 45 mil adeptos no Al Bajt Stadium. Foto: Reuters

Problemas da linha defensiva marroquina
Os franceses tentarão lucrar com seu tremendo potencial de ataque novamente. Mbappé, artilheiro do torneio com cinco gols, não teve muitas chances na partida das quartas de final contra a Inglaterra (2 a 1), mas Antoine Griezmann jogou bem com seus companheiros e foi o passador dos dois gols. Sem contar a última partida da pré-competição, quando nem precisou jogar sério (a Tunísia venceu por 1 a 0), os franceses marcaram 2,75 gols por jogo no Mundial deste ano. Será interessante ver como a defesa marroquina, que tem problemas com lesões, os vai enfrentar, embora o seleccionador enfatize que o serviço médico está a fazer um grande trabalho e que para já não pode dizer por nenhum futebolista que não vai poder jogar. De qualquer forma, Romain Saiss e Nayef Aguerd são questionáveis. Valid Čedira estará ausente devido a reservas.

Nas arquibancadas, o vermelho prevalecerá completamente sobre o azul
Os franceses, que são os primeiros favoritos ao título nas casas de apostas (odds 2.1; Marrocos 10.0), sublinham que receberam um aviso bastante forte de que Marrocos deve ser levado extremamente a sério. Uma seleção que conquista o primeiro lugar de um grupo com Croácia e Bélgica, e depois elimina Espanha e Portugal, é digna de todo respeito. Estão também preparados para um ambiente muito inóspito no Estádio Al Bajt, onde os adeptos marroquinos (45 mil esperados, enquanto os franceses serão apenas alguns milhares) serão a grande maioria. “Eles terão um tremendo apoio. Sabemos que haverá muito barulho, mas – estaremos prontos“, disse o técnico Didier Deschamps na coletiva de imprensa, que também abordou o aspecto tático da partida: “Vamos querer ter a bola nos pés e criar oportunidades perigosas. Somos tão bons quanto Marrocos em separações e contra-ataques.O onze inicial deverá ser o mesmo frente à Inglaterra, com Giroud no topo do ataque, seguido do trio Mbappé – Griezmann – Dembele.

12-14 (1/2) Win.ČF3-Zmag.ČF4 (id: 3370570), Escalações
Reforço policial na França antes da partida com o Marrocos
Na quarta-feira em França, devido ao jogo das meias-finais entre França e Marrocos, a presença de agentes da polícia vai aumentar consideravelmente em todo o país, informa a agência de notícias alemã dpa. Eles mobilizaram 10.000 policiais adicionais.

Metade dessas forças policiais adicionais operará na área metropolitana de Paris, anunciou o ministro do Interior, Gerald Darmanin. Por enquanto, não há planos de fechar a Champs-Élysées, onde os torcedores se reúnem em massa durante as partidas de futebol, embora as autoridades da cidade de Paris tenham defendido limitar ou proibir o tráfego nesta famosa rua durante e após a partida. No entanto, o acesso ao centro da cidade será restrito de outras formas, alguns anéis viários serão fechados, assim como algumas estações de metrô e trens de alta velocidade no centro de Paris.

Devido à má experiência de sábado, quando estouraram tumultos de torcedores em Paris após as duas equipes se classificarem para as semifinais, desta vez os franceses vão prestar mais atenção à segurança. Entre outras coisas, os locais onde podem ser usados ​​pirotecnia perigosa serão monitorados de perto, e lixeiras, cercas de construção, etc., que podem se transformar em objetos perigosos em caso de tumultos de torcedores, também serão removidos como medida preventiva. Conforme relatado pela agência de notícias francesa, 170 pessoas foram presas após as partidas de sábado, incluindo uma centena em Paris.

Egídio Pascoal

"Estudante. Especialista em web. Guru da música. Especialista em bacon. Criador. Organizador. Típico viciado em viagens. Estudioso de café. Explorador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *