Morreu o ex-presidente português Sampaio

Sampaio, que tinha problemas cardíacos, deu entrada no hospital no final de agosto. Faleceu hoje na sua casa em Lisboa. (Foto: AP)

Sampaio, que tinha problemas cardíacos, deu entrada no hospital no final de agosto. Faleceu hoje na sua casa em Lisboa.

“Jorge Sampaio deixou-nos hoje. Deixou-nos não só um legado de liberdade, mas também de igualdade”, disse o actual Presidente português Marcelo Rebelo de Sousa.

“Prestamos homenagem à memória de um homem que sempre foi um exemplo”, disse o primeiro-ministro português António Costa. O governo decretou luto de três dias pela morte do ex-presidente, que começará no sábado.

Sampaio entrou para a política em 1962 enquanto estudava Direito, quando organizou greves estudantis contra a ditadura de Antonio Salazar. Em 1978, quatro anos após a queda da ditadura, ingressou no Partido Socialista. Em 1989, assumiu a direção do partido e foi eleito prefeito de Lisboa.

Ele venceu as eleições presidenciais pela primeira vez em 1996 e permaneceu no cargo por dois mandatos até 2006. Mais tarde, ocupou vários cargos na ONU, incluindo o de enviado especial para combater a tuberculose.


Egídio Pascoal

"Estudante. Especialista em web. Guru da música. Especialista em bacon. Criador. Organizador. Típico viciado em viagens. Estudioso de café. Explorador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.