Os andebolistas de Ljutomer iniciaram a preparação para o WC e concluíram o primeiro treino

Os andebolistas de Ljutomer iniciaram a preparação para o WC e concluíram o primeiro treino

Antes de partir para a Polônia, o selecionado fará duas partidas preparatórias, ambas contra a Hungria. A primeira acontecerá na quinta-feira, 5 de janeiro, às 18h, em Ljutomer, e a segunda, dois dias depois, às 16h, em Velika Kaniža.

Prlekija-on.net, Terça-feira, 3 de janeiro de 2023 às 11h25

Jogadores de handebol em Ljutomer, foto: Federação de Handebol da Eslovênia

A seleção masculina de andebol entrou nos últimos preparativos antes do Campeonato do Mundo deste ano, que será disputado na Polónia e na Suécia entre 11 e 29 de janeiro. Antes de partir para Katowice, os eslovenos farão dois jogos de preparação frente à Hungria, o primeiro será em 5 de janeiro às 18h em Ljutomer, e o segundo dois dias depois às 16h em Velika Kaniža.

Um novo ano civil começa, com novos desejos e resoluções. Acredito que uma delas é que todos darão o seu melhor durante os preparativos para a final e para a Copa do Mundo“, enfatizou o selecionador no início Uroš Zorman. “Todos os meninos responderam ao convite para a segunda parte. O mais importante é que se mantenham saudáveis ​​ao longo dos treinos e que voltem aos clubes mesmo depois do campeonato. Se for esse o caso, o resto também não deve ser deixado de fora,” ele adicionou.

A selecção eslovena entrou na segunda parte da preparação com 22 andebolistas. A lista de Zorman inclui goleiros Jože Baznik (Nimes), Urbano Lesjak (Eurofarma) e Klemen Ferlin (Erlangen), jogadores laterais Tadej Mazej (Celje Pivovarna Laško), Blaž Janc (Barcelona), Tilen Kodrin (Gummersbach), Domínio Novak (Wetzlar) e Staš Slatinek Jovičić (Trimo Trebnje). A linha externa consiste em Dean Bombac, Borut Mačkovšek (ambos Pick Szeged), Nejc Cehte (GOG Gudme), Jure Dolenec (Limoges), Gasper Horvat (Trimo Trebnje), Peter Šiško (Gorenje Velenje), Aleks Kavčič (Zagreb), Grega Krečič (Csurgoi), Domínio Makuc (Barcelona), Rok Ovinček (Nantes) e Aleks Vlah (Celje Pivovarna Laško), e são atacantes circulares Kristijan Horžen (Rhein-Neckar Löwen), Blaž Blagotinšek (Göppingen) e Stefan Žabić (Celje Pivovarna Laško).

A selecção eslovena de andebol vem a Ljutomer

Os melhores jogadores de handebol da Eslovênia estão vindo para Ljutomer

Quinta-feira, 1º de dezembro de 2022 às 14h42


Os jogadores de andebol vivem no Mali Nedelja e treinam em Ljutomer

Nós que estamos presentes devemos estar prontos, lutar e trabalhar o máximo possível. Acredito que podemos fazer um bom resultado. Temos potencial!” ele diz com firmeza Blaž Jancque aproveitou um período de descanso em dezembro para aliviar problemas nas costas.

Há quatro estreantes na lista do selecionador, que estão experimentando pela primeira vez os preparativos para a equipe de representação A. Eles são Krečič, Slatinek Jovičić, Horvat e Šiško. “Estou feliz que o selecionador tenha feito um convite para mim. Para mim, treinar com jogadores que até pouco tempo só assistia em telas pequenas e que são meus ídolos é algo novo. Estou sobrecarregado por sentimentos interessantes aos quais ainda estou me acostumando. Quero entrar na equipe o quanto antes e treinar bem com ela“, diz Gorenje Šiško, extremo-esquerdo do Velenje. Faz 21 anos dentro de um mês e meio e é o andebolista mais jovem nesta acção da selecção nacional.

No dia 10 de janeiro, a seleção eslovena embarca para Katowice, onde aguardam os três primeiros jogos da elite mundial. Até lá, ela viverá em Mali Nedelja e treinará em Ljutomer. “Vamos nos fechar no corredor e trabalhar tanto quanto as circunstâncias permitirem. As novas caras que estão conosco na segunda parte já treinaram conosco naqueles poucos dias em Zreče. Pelo meio, fizeram um amistoso, que foi útil, como provaram em campo. Agora vamos tentar juntar tudo para que a coisa funcione. Vamos ver como ela se sai na Copa do Mundo. Estamos definitivamente indo para a Polônia para capturar nossos desejos e sonhos”, continua o seleccionador esloveno, revelando que a selecção nacional terá de estar atenta a todas as virtudes do andebol.

Na quinta-feira em Ljutomer contra a Hungria

Antes de partir para a Polônia, o selecionado fará duas partidas preparatórias, ambas contra a Hungria. A primeira acontecerá na quinta-feira, 5 de janeiro, às 18h, em Ljutomer, e a segunda, dois dias depois, às 16h, em Velika Kaniža. “Quero que todas as sessões de treinamento, não apenas esses jogos de aquecimento, sejam competitivas, com os meninos se empurrando para frente. Este é o único guia para que você possa progredir“, diz Zorman e acrescenta no mesmo fôlego: “Contra os húngaros, vamos testar todas as variantes táticas do jogo, tanto na defesa quanto no ataque. O resultado não estará em primeiro plano. Na defesa, também tentaremos versões que ainda não experimentamos. Passaremos bastante tempo nisso na partida e depois descobriremos o que funciona melhor.”

O Mundial da Seleção Eslovena começa na quinta-feira, dia 12 de janeiro. Depois, às 18h, o primeiro jogo do grupo B, no qual enfrentará a Arábia Saudita, está marcado para as 18h. Depois de um dia de folga, enfrentará a anfitriã Polônia na segunda rodada, às 20h30, e para encerrar a primeira parte, enfrentará a França na segunda-feira, 16 de janeiro, às 18h.

A Copa do Mundo da Polônia e da Suécia acontecerá entre os dias 11 e 29 de janeiro. Vão disputar 32 seleções, que serão divididas em oito grupos na primeira parte. As três melhores seleções de cada uma delas se classificarão para a segunda parte e serão agrupadas em quatro novos grupos, dos quais os dois primeiros colocados avançam para os playoffs, que começarão pelas quartas de final. Se a Eslovênia chegar à segunda parte, terá que se deslocar para Cracóvia. Lá ela enfrentará o melhor trio do Grupo A, que contará com as seleções da Espanha, Montenegro, Chile e Irã.

Além de Katowice e Cracóvia, na Polônia, os grupos da primeira parte também se apresentarão em Gotemburgo, Kristianstad, Jönköping e Malmö, na Suécia. Katowice, Cracóvia, Gotemburgo e Malmö serão as sedes da segunda parte da competição, enquanto a caravana seguirá para Gdansk e Estocolmo para os jogos das quartas de final. Este último também sediará os jogos restantes do playoff.

Os jogadores de handebol eslovenos alcançaram seu maior sucesso até agora na França 2017, quando conquistaram a medalha de bronze. Na Espanha 2013, a Eslovênia foi a quarta, no Catar 2015 o oitavo, no Egito 2021 nono, na Alemanha 2007 décimo, em Portugal 2003 11º, na Tunísia 2005 12º, na França 2001 17º e na estreia na Islândia 1995 conquistou o 18º lugar.

Primeiro treino. Desde o primeiro segundo “cheio”! #miSlovenes

Publicado por Federação de Handebol da Eslovênia dia segunda-feira, 02 de janeiro de 2023

Paulino Leitão

"Especialista em cerveja. Leitor orgulhoso. Especialista em comida profissional. Praticante de zumbis. Explorador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *